21.3 C
Rio Branco
9 agosto 2022 7:47 am

Concurso INSS tem prazo entre edital e provas reduzido

Instituto Nacional do Seguro Social recebe autorização para aplicar provas do concurso INSS dois meses após a publicação do seu edital

POR FOLHA DIRIGIDA

Última atualização em 01/08/2022 10:58

concurso INSS 2022 teve o prazo entre edital e provas reduzido. Pela regra, os exames deveriam ocorrer quatro meses após a divulgação da seleção. No entanto, uma portaria publicada nesta segunda-feira, 1º, reduz esse prazo para dois meses.

Desta forma, o Instituto Nacional do Seguro Social está autorizado a aplicar as provas objetivas do seu próximo concurso INSS dois meses após a divulgação do edital. Vale lembrar que o mesmo já havia sido feito com a seleção da Receita Federal, que também foi autorizada no mesmo dia da autarquia.

Com o prazo entre edital e provas reduzido, é possível que os exames sejam aplicados ainda este ano. Essa previsão já havia sido levantada quando o Ministério da Economia confirmou a previsão para provimento dos aprovados no concurso INSS.

Segundo a pasta, o provimento dos aprovados deve ocorrer já a partir de janeiro de 2023. Com isso, existe a possibilidade de aplicação das provas ainda este ano.

O mesmo, no entanto, não ocorre com a Receita Federal. Autorizada na mesma época do INSS e com o mesmo prazo entre edital e provas, os aprovados nesse concurso só devem começar a tomar posse a partir de março de 2023, segundo o ME. Ou seja, dois meses após o INSS.

Vale lembrar que, pela portaria autorizativa do concurso, o edital do INSS deve ser publicado até dezembro deste ano. Desta forma, a data limite para a aplicação das provas será fevereiro, caso o documento seja divulgado em seu prazo final.

Concurso INSS terá banca em agosto

Com mil vagas autorizadas para o cargo de técnico do seguro social, de nível médio, o concurso INSS 2022 terá sua banca revelada em agosto.

A nova previsão foi dada após a prorrogação do prazo para o término dos trabalhos da comissão responsável por avaliar as propostas das organizadoras.

Em resposta ao professor Deodato Neto, Jobson de Paiva afirmou que uma portaria prorrogou por mais 15 dias os trabalhos da comissão.

Agora, a equipe tem mais tempo para avaliar as propostas e decidir pela banca que ficará responsável pelo concurso do Instituto Nacional do Seguro Social.

Resumo sobre a seleção

  • Órgão: Instituto Nacional do Seguro Social
  • Cargos: técnico do seguro social
  • Vagas: 1.000
  • Requisitos: nível médio
  • Remuneração: aproximadamente R$6,5 mil
  • Banca: a definir
  • Previsão de edital: até dezembro de 2022

Redação não deve ser cobrada para técnicos

concurso INSS 2022 deve seguir os moldes da última seleção para o cargo de técnico do seguro social, realizada em 2015. Desta forma, os candidatos realizarão apenas uma prova objetiva, na primeira etapa, ficando de fora assim a possibilidade de aplicação de uma redação.

O exame chegou a ser citado pelo diretor de Gestão de Pessoas da autarquia, Jobson de Paiva, em entrevista ao professor Deodato Neto, em seu   canal no YouTube  .

No entanto, segundo Deodato, o Instituto Nacional do Seguro Social deve seguir os padrões da seleção de 2015, não incluindo assim mais uma prova (redação). O mesmo foi confirmado pelo professor Hugo Goes, em suas redes sociais.

Segundo Goes, o projeto básico do edital do concurso INSS prevê apenas provas objetivas, na primeira etapa. A novidade, porém, será o curso de formação. Essa fase já havia sido confirmada por Jobson de Paiva.

Segundo o diretor de Gestão de Pessoas, essa é uma cobrança do Ministério do Trabalho e Previdência (MTP), que irá tornar este o primeiro concurso para técnicos a contar com um curso.

“Nosso ministro quer mais qualificação nessa entrada, então sim, esse vai ser o primeiro concurso de técnico do INSS com curso de formação”, disse o diretor.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.