21 de fevereiro de 2024

Blog do Ton: Quando o trabalho é a melhor resposta e o tempo é o melhor remédio

Pouca gente sabe, mas os irmãos Fernanda e Tadeu Hassem enfrentam em casa a dor de perder pertences em uma alagação. Os irmãos enfrentam mais uma alagação e veem, agora, a casa onde cresceram — e seus pais moram até os dias atuais — ser submersa pelas águas.

Tadeu e Fernanda Hassem/Foto: Ton Lindoso

Nem isso, nem ataques de adversários, nem os problemas já existentes pararam algum deles. Estão de mangas arregaçadas, trabalhando para ajudar quem precisa. Fernanda com sua afinada equipe, que dá banho nas grandes prefeituras; e Tadeu, com seu bom time, que se divide entre Rio Branco e Alto Acre.

Deputado Tadeu Hassem/Foto: Ton Lindoso

Fernanda vai para as ruas com emoção, intensidade. Tadeu vai de mansinho, comedido, sempre atento aos detalhes, mas com a mesma paixão que move Fernanda.

Foto: Ton Lindoso

E depois os adversários perguntam de onde vem o sucesso dessa família. Da próxima vez que se perguntarem, a resposta está no trabalho.

Foto: Ton Lindoso

TITÃS

Fui fazer uma conta rápida e, juntando os votos nas últimas eleições dos demais líderes da região, ou aqueles que se dizem, não dá os votos do grupo dos irmãos Hassem.

SÉRGIO LOPES

Por falar em Tadeu, ele pegou todos de surpresa ao visitar o prefeito Sérgio Lopes para oferecer ajuda e aproveitou para almoçar com o prefeito em uma cantina de apoio da prefeitura aos desabrigados de Epitaciolândia. Tadeu entende que tem um mandato estadual e não faz distinções ideológicas ou partidárias.

SONHO

Cumprindo agenda em Marechal Thaumaturgo, o senador Sérgio Petecão entregou pontos em pelo menos dois momentos: ao deixar claro que o município deveria ter eleito Isaac Piyãko como deputado estadual e ao dizer que ainda nutre o sonho de governar o Acre.

NUNCA TEVE VOTO NO ACRE

“A maioria da bancada do Acre nestes últimos 4 anos era bolsonaristas e mesmo assim nenhum centavo foi posto para arrumar a BR. É vergonhoso! Quem nos enxergou e colocou recurso para BR, em menos de 3 meses de governo foi o atual presidente que nunca teve voto no Acre”. Reflexão de uma leitora da minha mais alta estima.

COLETIVA

Em coletiva, o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, acompanhado de secretários municipais e vereadores fará, nesta segunda-feira (27), às 8h30, na sede da prefeitura, anúncio de mais recursos, além dos R$ dos 5 milhões, para as ações de ajuda humanitária que a gestão tem feito para as pessoas atingidas pelas enxurradas dos igarapés, na capital.

SUSPENSO

A Prefeitura de Rio Branco informa também que a partir desta segunda-feira (27), está suspendendo o atendimento do Restaurante Popular ao público para atender, exclusivamente, aos desabrigados das cheias com a alimentação.

DUAS MIL MARMITAS

“No restaurante são preparadas cerca de duas mil marmitas, por dia, distribuídas entre os 25 abrigos espalhados nas regionais. Inclusive, muitas pessoas que usam o local diariamente estão desabrigadas e receberão uma marmita.

Tão logo esse momento de crise passe, o atendimento voltará ao normal. O secretário adjunto da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, Francisco Bezerra, está à disposição para entrevista”, diz a prefeitura em comunicado.

FUNDHACRE

A Fundação Hospitalar assumiu os cuidados do Abrigo que está localizado na Escola João Paulo II no Bairro Sobral. Além disso, a gestão está acompanhando mais de 60 trabalhadores que foram atingidos pelas águas.

SAÚDE

“Hoje [domingo], levamos atendimentos de saúde para Escola João Paulo II e mais dois abrigos, amanhã seguiremos com os atendimentos de saúde”. Do excelente presidente João Paulo Silva.

BATE-REBATE

– Que história é essa que a justiça penhorou o salário de um ex-prefeito do interior? (…)

– (…) E que não foi a primeira vez? (…)

– (…) E que responde por mais de 40 processos?

– A vinda de Waldez e Marina ao Acre é boa, foi uma agenda puramente política (…)

– (…) O Governo Federal precisa ter sensibilidade de abraçar um projeto que tire o Acre dessa realidade.

– Marina revelou ao ContilNet que teve oportunidade de ser candidata ao Governo do Acre (…)

– (…) Entrevista no site.

– O absurdo dos absurdos: ninguém consegue falar nem com PRF, nem com DNIT, para saber sobre a BR-364.

– “A BR-364 continua interditada entre Rondônia e o Acre? A PRF e o Dnit não informam nada. Tente discar para o 191, por exemplo” (…)

– (…) Do jornalista Altino Machado.

PUBLICIDADE