20 de fevereiro de 2024

Pepeca da Barbie? Australiana afirma ter nascido sem vagina

Uma australiana revelou que nasceu sem vagina e precisou, durante a adolescência, “fazer” o próprio canal vaginal com dilatadores

Foto colorida de uma mulher loira sorrindo com camisa azul sentada no sofá - Metrópoles

Reprodução/Instagram

Já imaginou nascer sem vagina? Foi o que aconteceu com a australiana Ally Hensley, que nasceu com uma síndrome rara, chamada Mayer-Rokitansky-Küster-Hauser (MRKH). Além de não ter um canal vaginal, Ally também nasceu sem útero e colo do útero.

Em entrevista ao Daily Star, Ally disse que passou anos sentindo vergonha do próprio corpo e acabou desenvolvendo um relacionamento ruim com os homens. “Parecia uma Barbie lá embaixo”, contou.

Para mudar a anatomia e poder fazer sexo com penetração um dia, a paciente precisou escolher entre uma cirurgia ou uma dilatação. Ela escolheu a segunda opção, que consistia em usar, diariamente, um dilatador e lubrificante, para ela mesma construir um canal vaginal.

PUBLICIDADE