20 de fevereiro de 2024

Amanda Magalhães fala sobre o humor nas redes sociais: “É o que vem sendo a minha força motriz”

Na era digital, onde as redes sociais se tornam cada vez mais uma ferramenta poderosa de comunicação e marketing, a importância de um planejamento de marketing estratégico e bem estruturado se faz essencial.

Uma figura central nesse cenário é a artista e criadora de conteúdo, Amanda Magalhães, conhecida por sua abordagem inovadora, utilizando o humor como um meio de criar conteúdo atrativo e engajador no Instagram.

Amanda tem se destacado por sua habilidade de fazer humor ressonar com seu público, fator que está relacionado ao seu crescimento contínuo nas redes sociais. 

Ao invés de seguir rotas tradicionais, ela opta por uma abordagem mais leve e divertida, tanto para apresentar as outras facetas de seu trabalho como atriz e cantora, como criadora de conteúdo e influenciadora digital. 

Além disso, à medida que 2023 avança, observamos uma evolução significativa na maneira como as marcas e os consumidores interagem nas plataformas digitais.

Neste cenário, o marketing de influência emerge como um catalisador de mudanças, remodelando as estratégias de negócios e influenciando decisivamente as decisões de compra.

O crescimento do marketing de influência 

O marketing de influência tem demonstrado um impacto significativo no comportamento do consumidor e nas decisões de compra, especialmente em 2023, de acordo com pesquisas e análises recentes.

A relevância dessa estratégia se dá pelo fato de que influenciadores e criadores de conteúdo são percebidos como mais autênticos e confiáveis do que métodos tradicionais de marketing, estabelecendo uma conexão mais forte com seu público.

Por isso, a autenticidade e a confiança do público-alvo no influenciador digital fazem parte das vantagens trazidas pelas parcerias com as marcas. 

De acordo com o “The State of Influencer Marketing Benchmark Report 2023”, mais de 83% dos profissionais de marketing consideram o marketing de influência eficaz, e 67% planejam aumentar seus orçamentos nesta área em 2023.

Tudo isso reflete um crescente reconhecimento da importância dos influenciadores no panorama do marketing moderno.

Estratégias orientadas a resultados: mas quais são as boas práticas?

Aproximadamente 74% das marcas rastreiam vendas provenientes de campanhas de influenciadores, evidenciando uma abordagem mais orientada a resultados e focada em impulsionar vendas.

Atualmente, mais de meio milhão de pessoas trabalham na indústria do marketing de influência no Brasil. 

Para os influenciadores, é fundamental que as parcerias sejam feitas com empresas que estão de acordo com seus objetivos e princípios. Assim como para as marcas, onde é necessário escolher cuidadosamente os influenciadores que se alinham com os objetivos e valores da empresa e fazer parcerias com marcas que estão de acordo nestes quesitos.

A digitalização apresenta novos desafios, mas também uma variedade de oportunidades para a jornada do cliente, onde o uso de dados se torna ainda mais crucial porque permite uma análise estratégica e refinada das ações entre os stakeholders.

Mónica Medina, especialista em Marketing e Country Manager da LiveDune, ressalta que o sucesso de uma parceria transcende a quantidade de seguidores do influenciador. Ela enfatiza a importância da qualidade do engajamento do público, um aspecto crucial revelado pela análise dos dados.

Influenciadores com uma audiência engajada, que interage ativamente com os conteúdos, têm maior probabilidade de influenciar positivamente as decisões de compra do público-alvo da marca.

Na criação de uma conexão com seu público, Amanda Magalhães destaca a transparência, a coesão entre palavras e ações, e a autenticidade como fundamentos para conquistar uma audiência real e engajada. “Valores e coerência são essenciais – o que é dito deve bater com o que é realmente feito. A gente precisa manter relações autênticas com o nosso público, ser 100% você. Para mim, a chave é a conexão não só com o conteúdo, mas com quem está por trás dele também”, conta.

Isso garante que a imagem, o estilo e os valores do influenciador estejam em sintonia com a identidade e o objetivo da marca, além de práticas que assegurem a credibilidade e o profissionalismo entre ambos.

Ferramentas e análises para um conteúdo estratégico

No cenário atual do marketing de influência digital, a utilização estratégica de ferramentas analíticas e de planejamento de conteúdo é indispensável.

Essas ferramentas proporcionam uma visão aprofundada e dados cruciais que orientam a criação de conteúdo estratégico, alinhando-se com os objetivos tanto dos influenciadores quanto das marcas.

Mónica Medina destaca a importância do uso de plataformas de gerenciamento, especialmente durante períodos de alta atividade comercial, como a Black Friday,  quando as pessoas começam a se preparar para as compras de fim de ano.

Além disso, as plataformas de gerenciamento de redes sociais como a LiveDune, desempenham um papel vital, oferecendo insights detalhados que ajudam a aperfeiçoar as estratégias digitais.

“Tanto para as marcas quanto para os influenciadores, é importante entender por completo se a estratégia está trazendo bons resultados”, afirma Mónica.

Essa abordagem analítica permite que os influenciadores e as marcas identifiquem quais tipos de conteúdo ressoam melhor com seu público, além de entender as tendências de engajamento e resposta dos potenciais clientes.

Com essas ferramentas, é possível criar conteúdos mais alinhados às expectativas e interesses dos consumidores, além de otimizar o retorno sobre o investimento em campanhas de marketing digital.

A análise de dados se torna um componente essencial para guiar as decisões de marketing, assegurando que cada ação tomada seja informada e estrategicamente planejada.

PUBLICIDADE