28 de maio de 2024

Técnico é mordido e agredido por paciente que exigia mais de um acompanhante em hospital

O caso aconteceu no hospital João Câncio Fernandes, em Sena Madureira

O hospital João Cancio Fernandes, em Sena Madureira, voltou a registrar ocorrência conflituosa nesta semana. De acordo com informações, um técnico de enfermagem cujo nome não foi revelado foi agredido fisicamente quando estava no exercício de sua atividade. O autor do crime foi um reeducando que estava no monitoramento eletrônico.

Segundo consta, o apenado chegou de manhã no hospital e foi atendido devidamente. Pela parte da tarde, ao ser informado que na ala de observação podia ficar somente uma pessoa como acompanhante, ele começou a se alterar, descambando para a agressão. O técnico de enfermagem tentou conter o problema, mas a acabou levando a pior.

A mordida ficou bem marcada no corpo do técnico/Foto: ContilNet

O profissional foi atingido com uma mordida próximo ao peito, além de sofrer alguns arranhões no rosto. Minutos depois a Polícia Militar foi acionada e conseguiu prender o infrator.

A diretora do hospital de Sena, Nildete Lira, publicou uma nota de repúdio em face do ocorrido: “Já entramos com as medidas cabíveis quanto ao reforço da segurança dos profissionais e responsabilização pelos danos materiais causados”, aponta a nota.

Nas últimas semanas, dezenas de moradores têm procurado o hospital João Cancio Fernandes apresentando sintomas da dengue. Uma verdadeira epidemia da doença assola o município.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost