21 de abril de 2024

Desabastecimento a nível nacional deixa o Acre sem vacinas contra catapora, diz Sesacre

A primeira dose deve ocorrer quando a criança tem 1 ano e 3 meses, e o reforço aos 4 anos de idade

Um desabastecimento a nível nacional fez com que a vacinação contra catapora (varicela) fosse interrompida no Acre, foi o que disse a coordenadora do Programa Nacional de Vacinação no Estado (PNI-AC), Renata Quiles.

A única vacina que imuniza contra catapora estava chegando ao Acre em quantidade reduzida. Dessa vez, o estoque zerou e não há previsão para a chegada de novas doses.

O imunizante é o único capaz de proteger as crianças contra catapora/Foto: Reprodução

“A meta do estado por mês é de 5 mil doses e temos recebido 1,6 mil a 2 mil doses por mês. Então é claro que a gente não vai atender a necessidade do Estado”, comentou em entrevista ao G1 Acre.

“Não é uma questão específica do Estado do Acre, é uma questão de Brasil. O Ministério da Saúde ainda não nos deu um posicionamento de quando a gente vai ter o estoque normalizado”, continuou.

A previsão era de que o Acre recebesse 1,6 mil vacinas entre os dias 10 e 15 de janeiro, porém, até o momento não houve recebimento. A primeira dose deve ocorrer quando a criança tem 1 ano e 3 meses, e o reforço aos 4 anos de idade.

A catapora é uma doença muito contagiosa. Causa lesões na pele e pode provocar outros problemas de saúde. De acordo com uma reportagem do Jornal Nacional, exibida ainda nesta semana, outros 5 estados estão enfrentado a mesma situação.

Em nota, o Ministério da Saúde explicou que, em março de 2023, a Anvisa determinou a suspensão do fornecimento da vacina varicela para avaliação da nova composição do imunizante, que seguiu decisão adotada pela agência europeia de medicamentos e que, depois de um rigoroso estudo de qualidade a vacina, a vacina foi liberada, em julho.

O Ministério afirmou ainda que a interrupção ocasionou atraso no abastecimento global, o que resultou no desabastecimento em alguns estados, que em dezembro de 2023 o Ministério da Saúde recebeu 1 milhão de doses, que até o final de janeiro a Pasta irá distribuir 554 mil doses para os estados e que, entre julho a dezembro de 2023, já havia distribuído 981.868 doses para os estados.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost