21 de abril de 2024

Sesacre anuncia construção de 14 novos leitos de UTI diante do aumento de emergências

Pascoal garantiu que os novos leitos não serão direcionados aos pacientes com dengue, já que a maior parte das UTIs é ocupada por pacientes pós-cirurgiados

Em coletiva à imprensa realizada nesta quinta-feira (18), o secretário de Saúde do Acre, Pedro Pascoal, anunciou a expansão dos leitos das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) de todo o Estado por meio de um Plano de Ação de Urgência, em virtude do aumento dos casos de emergência nas unidades hospitalares.

Informações foram dadas em coletiva de imprensa nesta quinta-feira (18)/Foto: Juan Diaz/ContilNet

A Sesacre decidiu construir 14 novos leitos de UTI na Fundação Hospitalar do Acre (Fundhacre), no local em que antes funcionava, provisoriamente, o setor de nefrologia, já que um novo espaço já foi inaugurado na Fundhacre para atender os pacientes renais.

Pascoal garantiu que os novos leitos não serão direcionados aos pacientes com dengue, já que a maior parte das UTIs é ocupada por pacientes pós-cirurgiados e com diversos tipos de infecções. O foco é não prejudicar os programas de cirurgias eletivas, que vão demandar novas vagas nos leitos.

“Precisamos nos preocupar, sim, com o aumento de casos de arboviroses (dengue, chikungunya e Zika). Os números são reais e recorrentes e é nossa sazonalidade atual, mas no momento, não temos pacientes em estado grave de arbovirose na UTI. A maior parte das UTIs, hoje, está ocupada por pacientes do pós-operatório e com infecções graves”, salientou.

“É para que o nosso programa de cirurgias eletivas não seja prejudicada que estamos tomando essa medida”, continuou o secretário.

Secretário de Saúde, Pedro Pascoal, durante coletiva/Foto: Juan Diaz/ContilNet

A construção dos novos leitos será feita a partir de recursos federais que foram destinados para o combate a COVID-19. “Não poderíamos deixar esse recurso voltar, por isso, adquirimos os equipamentos para o momento certo, que é esse”, concluiu.

O Acre possui 67 leitos de UTl adulto, dos quais 27 no Pronto-Socorro de Rio Branco, 10 na Fundação Hospitalar do Acre (Fundhacre), 10 no Hospital do Juruá e 20 no Hospital Santa Juliana. Destes, apenas o Hospital Santa Juliana está com máxima ocupação, enquanto o PS e o Hospital do Juruá possuem uma vaga e a Fundhacre possui quatro vagas no momento, de acordo com levantamento feito nesta quinta-feira, 18 de janeiro.

VEJA MAIS: Por conta de emergências, Sesacre decide ampliar leitos de UTI em todo o Acre; entenda

Conforme levantamento da Sesacre, as internações são decorrentes de emergências clínicas, acidentes, traumas e pós-cirúrgicos.

No caso dos leitos de UTI infantil, o Estado dispõe de 75 leitos, sendo 15 no Pronto-Socorro, 10 no Hospital da Criança Iolanda Costa e Silva, além de 50 leitos clínicos também no Hospital da Criança.

Conforme relatório do Observatório da Saúde, dos 15 leitos de UTI pediátricos no Pronto-socorro, apenas cinco estão ocupados. Já no Hospital da Criança Iolanda Costa e Silva, dos 10 disponíveis, cinco estão ocupados, enquanto no mesmo hospital, dos 50 leitos pediátricos 36 estão ocupados.

Para a expansão das vagas, a Sesacre informou que será transferida a UTI Fundhacre para o Instituto de Traumatologia e Ortopedia, desta forma, os 10 leitos adultos existentes serão ampliados para 18. Outra UTI Adulta com seis leitos será instalada na Fundhacre, totalizando a criação de 14 novos leitos de UTI.

Desde o dia 17, as equipes estão trabalhando conjuntamente para fornecer reforma, equipamentos, recursos humanos e toda a logística necessária para viabilizar a implantação. Na mesma oportunidade, será informado o atual panorama da dengue no estado, bem como as medidas de combate e prevenção.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost