20 de abril de 2024

Zayra Ayache e Íris Tavares lançam livro sobre empreendedorismo; veja na coluna da Beth Passos

A advogada Eloniria Maia Cerqueira aproveitou o pit stop no carnaval de Salvador para fazer book maravilindo em badalado estúdio fotográfico. Surto de beleza!!!


O advogado Jorge Felix Ferreira Vieira e a esposa Terezinha felizes da vida na graduação da filha Gisele formada em Direito. Família toda orgulhosa com justiça!

A linda bacharel em Direito Gisele Taísa prontinha para o mercado de trabalho.

Com a percepção e ação no contexto da transformação pessoal e social as empresárias Zayra Ayache e Íris Tavares lideram o movimento “Gladiadoras Amazônicas do Empreendedorismo” que vem a ser o projeto do livro coletivo que narra a trajetória de vinte mulheres que atuam em diferentes atividades que enxergaram seus potenciais. Suas atitudes ressaltam a importância da coragem em confrontar a realidade tal como ela é, sem véus ou ilusões, como um passo fundamental para mudanças significativas. O ato de “enxergar a realidade” não é apenas um processo óptico, mas um desafio intelectual e emocional. Envolve reconhecer verdades desconfortáveis, admitir erros e limitações bem como apreender.
Cada autor (a) terá 1 capítulo com 8 páginas do livro impresso.

O livro será publicado pela EDITORA SOARES uma editora com vários livros lançados de grandes artista e empresários de Alphaville e São Paulo.

Terá toda assessoria da MENTORA EDITORIAL SELMA SOARES, @souselmasoares que tem autoridade como escritora e palestrante por sua experiência de vários lançamentos promovidos no Brasil.

O lançamento será no próximo dia 23 de março às 17 horas no auditório do restaurante Pão de Queijo. Na foto as líderes do projeto: Zayra Ayache e Iris Tavares.

A jornalista Paula Martinello com o maridão deputado Roberto Duarte curtindo o feriado de carnaval em Paris. Ele votou ao batente com gás apoiando o pedido de impeachment do presidente Lula na Câmara Federal.

O colunista social Luiz Theodoro na Lagoa da Conceição em Florianópolis onde moram e estudam os filhos mais novos.

Mariana Deodato quarentou com estilo numa viagem planejada na deliciosa companhia dela mesma. Atitude é tudo. Mil felicidades querida!!!

A educadora Josiane Araújo pleníssima tietando o ator Selton Mello no lançamento do livro “Eu me Lembro” no interior de Minas Gerais durante suas preciosas férias.

O prefeito Tião Bocalon assinou protocolo de concurso na Prefeitura de Rio Branco, quinta-feira, 22, para cargos efetivos com 1267 vagas. São vagas para médicos clínicos gerais e especialistas, operadores de máquinas, técnico em gestão pública, e mais de 50 outras funções, contemplando todas as secretarias do município. Ao todo, serão 630 vagas para provimento imediato, sendo 568 em ampla concorrência e 62 PCD, e 637 para cadastro de reserva. Os salários variam entre os valores de R$ 1.700,00 a R$ 13 mil.

Inscrições abertas a partir de sexta-feira (23), no site: https://institutoverbena.ufg.br. As provas serão realizadas no dia 21 de abril e a previsão de divulgação do resultado será no final do mês de maio.

ME Online

*Nem esfriou o carnaval 2024 e a Prefeitura Rio Branco já estava lançando a campanha de vacinação contra a Dengue na capital acreana que foi a primeira a liberar o antidoto a população na Unidade de Referência em Atenção Primária (URAP) Eduardo Assmar e na Policlínica Barral e Barral. O público alvo da vacinação são as crianças de 10 a 11 anos, 11 meses e 29 dias, uma escolha estratégica do Ministério da Saúde pelo aumento das hospitalizações por dengue grave, nessa faixa etária. Vale ressaltar que a dengue é uma doença grave que pode levar à morte, como infelizmente tem sido observado, este ano, em vários estados brasileiros.

*Pretensos candidatos a vereadores postando aos montes sobre animais abandonados, animais machucados e ninguém faz nada. Rio Branco não possui Banco de Ração, Castração realizada pelo Estado ou Prefeitura, Animais de Porte Grande jogado aos montes em todas as vias e avenidas da capital, e os órgãos apoiando cavalgada para maltratar animais. A eleição está chegando, analisem essas questões e observem quem realmente se importa.

*Vocês estão conseguindo acompanhar 2024? Eu já me perdi um pouco aqui. E ainda estamos em fevereiro!

*Interessante que o Ifood tem uma opção de restaurante “saudável”. É sinal que sabem que os demais não são, não é?

*Dica saudável! A melhor maneira de fazer compras online é escolhendo a opção de pagamento por boleto. Assim você pode esperar, respirar e desistir antes de fazer uma compra por compulsão.

*O termo “racismo ambiental” é usado para explicar o processo de degradação das condições socioambientais que afeta, principalmente, populações marginalizadas como pretos, pardos, indígenas e pobres.

*Assisti ao filme do Claudinho e Buchecha. Gostei da história, mas faltou cantarem “Sabe, thurururu Estou louco pra te ver”, com aquela dancinha maluca, com a mão esfregando no nariz, que para mim era a marca deles. Alguém explica por que deixaram de fora???

*As pessoua reclamam da palavra “todes”, mas falam “strip mall” “mindset ” “coaching” “outback” sem pestanejar, mesmo sem saber o que é!

*O Grupo Hospitalar Conceição (GHC) assinou contrato com 9 cooperativas da agricultura familiar para fornecimento de gêneros alimentícios pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) do governo federal. O contrato prevê o fornecimento de hortigranjeiros in natura para a alimentação de funcionários e pacientes do Grupo Hospitalar Conceição, no valor total de R$ 4,4 milhões por ano. O Grupo já vem articulando a compra de alimentos industrializados, como sucos, pães, bolachas e lanches, que somarão aos mais de 50 tipos de alimentos in natura produzidos pela agricultura familiar.” Uma boa gestão fazendo a diferença, que sirva de exemplo!

*Se a mulher está magra recriminam, se está gorda recriminam, se deixa as rugas revelarem a idade recriminam, se faz plásticas recriminam, se pintam o cabelo recriminam, se assumem os cabelos brancos recriminam. Se trabalha muito para ganhar a vida e ser independente recriminam, se escolhe ser dona de casa e cuidar dos filhos recriminam, se namoram com um homem mais jovem recriminam, se namoram um homem mais velho recriminam. Se não levam desaforo pra casa são taxadas de loucas, se são pacientes são chamadas de tolas. A vida das mulheres é ser alvo o tempo todo. É essa a sociedade em que vivemos desde os primórdios. Creiemdeuspai!!!

*Quando eu vejo algo que desaprovo, meu cérebro automaticamente: “bombastic, side eye. Criminal Offensive, side eye!”

*Os contadores de histórias são tão felizes. Os contadores de dinheiro são taciturnos. Prefiro os primeiros. Até porque histórias para contar eu tenho!

*J Cage disse: Nenhum som teme o SILÊNCIO que o extingue e não há SILÊNCIO que não esteja impregnado de som.
Frase oportuna para o presidente Lula. O SILÊNCIO poderá nos dizer o indizível, avizinharmo-nos do IMPOSSÍVEL ou como nos disse Wittgenstein: “Sobre aquilo que não se tem conhecimento não se pode falar, devemos guardar SILÊNCIO”.

Contemplação da beleza

O Sambódromo da Marquês de Sapucaí recebeu na noite de sábado, dia 17 um mega show para celebrar os 40 anos de inauguração. A festa foi batizada de “Apoteose do Samba – 40 anos” e teve as presenças dos cantores Anitta, Zeca Pagodinho e Alcione.

Críticas a participação de Anitta a parte, é preciso admitir que faltaram sambistas como Martinho da Villa no espetáculo, entre outros, mas não se pode negar que ela é hoje uma personalidade internacional, tem raízes no samba e uma festa para ser boa tem que ser hit para eternizar o Brasil.

A obra foi realizada pelo então governador Leonel Brizola, pensada pelo educador Darcy Ribeiro e desenhada pelo arquiteto Oscar Niemeyer, que não foram sequer mencionados.

O proprietário da emissora Roberto Marinho tentou desqualificar e impedir, a todo custo, a construção do sambódromo. Como a obra se tornou um sucesso absoluto e referência mundial, a emissora hoje tenta esconder os responsáveis pela ideia e execução.

Quanto ao desfile das Campeãs, a Globo mais uma vez, colocou para realizar e comentar “influencers” que não entendem nada de Carnaval e, menos ainda, de escola de samba. Alguém duvida que houve manobra para as campeãs serem as que foram, em especial o primeiro lugar?

Não por acaso o próprio Brizola, alertava: “se a Globo for a favor, fique contra”!

Carnaval, existe no mundo todo, no Brasil é a festa mais popular, a mistura é a expressão da liberdade, que tem uma história, conta a História da Liberdade: o negro aprendeu a ler e virou doutor, o escravocrata foi desautorizado e o capataz rendido, as correntes foram quebradas e a libertação deu início à luta pelo direito que culminou na assinatura da Lei Áurea.
As conquistas jurídicas são consequências do desenvolvimento da personalidade, o eu adentra o meio para dizer que o conhecimento tem se aprofundado e avançam os estudos; eu trago à lembrança sabendo que a memória é viva e leva o samba-enredo da Princesa Isabel, o menino vai no embalo, cantando alto: “Liberdade, liberdade, abra a asas sobre nós, e a voz da igualdade seja sempre a nossa voz”.

Na realidade as pessoas nem percebiam que a crítica estava dando o tom, pode haver algo mais carnavalesco do que dar o mérito áureo a uma princesa que se transformava em heroína? Na medida em que a saudade lembra para trazer de volta, e percebemos no ato que estamos em outra, podemos dizer que houve uma evolução, uma vez que os passos se adiantam para resolver a contradição a Sapucaí atravessa a avenida para dizer que a saudade mistura, mas não confunde as coisas.

O que desafia a crítica levanta o questionamento. Luís Gama não tinha nenhum poder especial, ele simplesmente trabalhou para o seu povo, livres nos sentimos no direito de ser Presidente da República e dizemos que a musicalidade entra pelo ouvido para ir até o íntimo onde o folião experimenta o amor indomável de um preto apaixonado pela liberdade, uma senhora que mora no coração do poeta; quem acompanhou o desfile da Portela no carnaval de 2024 ficou sabendo que Luís Gama tinha uma mãe que sempre esteve com ele, você pensar que Kehinde, sua mãe, viajou da África ao Brasil com o propósito de quebrar as cadeias do destino para dar à liberdade o sentido da história… a gente explica o doutor e compreende o homem, quem viu a fotografia e atentou o talhe percebeu os olhos, frontais diante da verdade e livres contemplando a beleza.

Beth Passos
Jornalista

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost