25 de maio de 2024

Ativista político afirma que rosto de Marielle Franco foi pichado por militantes da extrema-direita na capital

Panthio fez críticas ao deputado Roberto Duarte que votou favorávelmente à soltura de um envolvido na morte de Marielle

O ativista político Francisco Panthio compartilhou um vídeo nas suas redes sociais nesta quarta-feira (10) onde debita as pichações da ex-vereadora Marielle Franco (PSOL), conhecida por sua luta pelos direitos humanos e sociais, por militantes ligados à extrema-direita em Rio Branco.

O ato de vandalismo foi mostrado pelo ativista que realizava críticas ao deputado federal Roberto Duarte que votou pela soltura do acusado de matar Marielle, Chiquinho Brazão, deputado federal (sem partido) após ter sido expulso pela União Brasil. 

Foto: redes sociais

No vídeo, o ativista fala sobre a  vereadora, brutalmente assassinada em 2018 no Rio de Janeiro, que tornou-se símbolo de resistência e luta por justiça social e faz críticas ao voto do deputado federal Roberto Duarte, que votou favorável à soltura de Chiquinho Brazão, acusado de envolvimento na morte de Marielle. 

Nas redes, Duarte justificou o voto pela soltura de Brazão por considerá-la inconstitucional, mas destacou que vai votar pela cassação do mandato do deputado.”O deputado do Acre Roberto Duarte me envergonhou e para agradar os bolsonaristas votou pela soltura do mandante do assassinato, vergonha Roberto Duarte, como você, um advogado, conhecedor das leis, deveria defender o estado democrático de direito e garantir a permanência daquele criminoso na cadeia”, disse.

 

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost