29 de maio de 2024

Em menos de quatro meses, Acre teve mais de 20 mil notificações de casos de dengue em 2024

Número é 64,5% do total de todo o ano passado

O monitoramento de casos de dengue pelo Governo do Estado,  feito por meio do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), revela que 20.359 casos de dengue já foram notificados em 2024 em todo o Acre. Segundo a atualização deste sábado (20), apenas nos 20 dias de abril, foram realizadas 973 notificações.

Para efeito de comparação, em todo o ano de 2023, foram notificados 31.519 casos, ou seja, nos quatro primeiros meses deste ano, já foram alcançados 64.5% do total de notificações do ano passado.

O Acre está entre os estados brasileiros com maior incidência de casos de dengue/ Foto: Getty Images

O mês com mais notificações neste ano foi janeiro, com 11.975 casos. Em fevereiro, foram registrados 4.929 casos, e em março, 2.482. Quanto à faixa etária, a mais afetada foi a de 31 a 55 anos, com 8.596 casos, seguida pela faixa de 19-30 anos com 5.433 notificações.

Notificações de casos de dengue por município em 2024

Rio Branco – 8.820

Cruzeiro do Sul – 5.463

Brasiléia – 1.806

Senador Guiomard – 684

Assis Brasil – 479

Tarauacá – 403

Plácido de Castro – 384

Mâncio Lima – 344

Marechal Thaumaturgo – 315

Rodrigues Alves – 314

Feijó – 293

Porto Walter – 263

Sena Madureira – 258

Epitaciolândia – 135

Porto Acre – 104

Acrelândia – 96

Xapuri – 81

Não informado – 75

Bujari – 19

Capixaba – 19

Manoel Urbano – 04

Acre sem mortes por dengue em 2024

O Brasil enfrenta, em 2024, uma das piores epidemias de dengue do país, que já registrou mais de 3,5 milhões de casos prováveis e mais de 1.500 mortes. Mesmo com esses números, Acre e Roraima são os únicos estados sem registro de mortes pela doença em 2024.

LEIA TAMBÉM: Acre é um dos únicos estados sem mortes por dengue e apenas 12,5 mil vacinas foram aplicadas

Depois de Acre e Roraima, três estados registraram apenas uma morte por dengue desde o início do ano, sendo eles Tocantins, Rio Grande do Norte e Ceará. Juntos, os três estados possuem 25 mil casos prováveis da doença, o que representa menos de 1% do número total de casos.

Já os estados com maior número de mortes contabilizadas são São Paulo, Distrito Federal, Minas Gerais, Paraná e Rio de Janeiro.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost