11 de junho de 2024

Estagiário morre após tentar matar supervisor em armazém nos EUA, mas errar disparo; veja vídeo

Segundo a polícia, o suspeito invadiu a casa de Josilene Rosa, de 39 anos, e disparou pelo menos sete vezes, acertando a mulher e os filhos dela, Arthur, de 13 anos, e Gabriel, de 20

Um estagiário de segurança de um armazém da Amazon, em Ohio, nos Estados Unidos, foi morto a tiros pela polícia após tentar atirar em seu supervisor. Uma câmera de segurança mostra o momento que Ali Hamsa Yusuf, de 22 anos, se aproxima por trás do seu chefe e tenta atirar na cabeça do homem, mas a arma falha. O caso aconteceu no último domingo.

Após a arma falhar na primeira tentativa, Yusuf tenta novamente, mas erra o alvo. O barulho assusta o supervisor, que sai correndo. Segundo a polícia, ele não ficou ferido. O caso aconteceu por volta das 16h40 do horário local e havia mais de 100 funcionários dentro do prédio no momento. Após o ocorrido, o atirador fugiu do prédio. As informações são da AP News.

Estagiário tenta matar supervisor, mas erra na hora de atirar/Foto: Reprodução

A vítima ligou para a polícia para informar o ocorrido. “Ele atirou em mim duas vezes, mas errou. Ele quase me matou”, disse na ligação, como relatado pela imprensa local. Enquanto isso, o estagiário fugiu de carro e foi encontrado a 32 km do armazém. A polícia relatou que houve troca de tiro, e quando Yusuf tentou fugir, foi atingido.

O jovem foi encaminhado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Um dos policiais também foi baleado, mas não ficou ferido porque usava um colete à prova de balas. O agente recebeu alta do hospital no próprio domingo.

Segundo a polícia local, o jovem não deveria portar uma arma durante o serviço. O jovem não tinha passagens pela polícia e ainda não há informações sobre o que o motivou a atirar contra seu supervisor.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost