11 de junho de 2024

Número de mortes por inundações na Indonésia sobe para 67

Mais de 3.300 pessoas foram obrigadas a abandonar as áreas afetadas

O número de mortes provocadas pelas inundações e fluxos de lava fria na ilha indonésia de Sumatra subiu para 67 e muitas pessoas continuam desaparecidas, informou a Agência Nacional de Gestão Catástrofes (BNPB).

“Algumas pessoas que estavam desaparecidas foram encontradas. De acordo com os trabalhos de identificação da polícia, 67 personas morreram”, declarou Suharyanto, diretor da BNPB, ao canal Metro TV. Assim como vários indonésios, o funcionário não tem sobrenome.

O balanço anterior era de 57 óbitos. Vinte pessoas continua desaparecidas, acrescentou o diretor da BNPB. As equipes de emergência encontraram muitos corpos em rios, depois que os moradores foram arrastados por materiais vulcânicos, lama e chuva.

As fortes chuvas do sábado passado afetaram seis distritos do oeste da ilha de Sumatra e provocaram cheias dos rios, além de fluxos de lava fria procedentes do Monte Marapi, o vulcão mais ativo da região. Mais de 3.300 pessoas foram obrigadas a abandonar as áreas afetadas.

A Indonésia enfrenta deslizamentos de terra e inundações durante a temporada de chuvas. Em 2022, quase 24.000 pessoas abandonaram suas casas e duas crianças morreram nas inundações na ilha de Sumatra.

Os ativistas ambientais consideram que o desmatamento provocado pela atividade madeireira agravou a catástrofe, porque a ausência de árvores reduz a capacidade de absorção de água do solo e deixa a região mais vulnerável às chuvas.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost