Polícia Civil prende quatro suspeitos do latrocínio de fazendeiro em Porto Acre


A vítima era um homem de muitas posses, era acostumado a andar armado e com grandes quantidades em dinheiro

REDAÇÃO CONTILNET

A Polícia Civil, através da Delegacia de Combate a Roubos e Extorsões (Decore), apresentou na manhã desta sexta-feira (9), a prisão de quatro suspeitos de terem cometido um crime de latrocínio, ocorrido no dia 8 de janeiro deste ano. O fazendeiro, Altervi Rodrigues de Oliveira, de 61 anos, foi morto a tiros no km 10, da Estrada de Porto Acre e teve a arma de fogo roubada pelos criminosos.

A polícia conseguiu identificar através de investigações e imagens a participação de quatro indivíduos/Foto: ContilNet

De acordo com as investigações, a vítima era um homem de muitas posses e era acostumado a andar armado e com grandes quantidades em dinheiro. Sabendo dessa informação, os criminosos tentaram abordá-lo na entrada da fazenda. Ele reagiu atingindo um dos criminosos com três tiros, mas acabou sendo assassinado com disparos na cabeça.

SAIBA MAIS:

Fazendeiro é assassinado com vários tiros durante assalto na Estrada de Porto Acre

No total, a polícia conseguiu identificar através de investigações e imagens a participação de quatro indivíduos, sendo eles Thiago Costa Pereira, José Ribamar Alves de Souza Filho, Kleber da Silva Borges e Sávio Gama dos Santos. A maioria localizados escondidos na região do Panorama.

Kleber foi quem teria recebido três tiros do fazendeiro, mas, com medo de ser preso, não chegou a procurar atendimento médico hospitalar. Ele também cumpria pena em regime semiaberto e foi preso após a quebra do benefício.

Segundo o delegado Odilon Neto, todos os que participaram do crime já foram presos, porém, as investigações devem continuar na intenção de descobrir se mais pessoas estavam envolvidas, repassando informações privilegiadas a respeito do fazendeiro.

comentários

Outras Notícias

Veja Também