Rio Branco, Acre,


Câmara Criminal votará na próxima semana recurso do caso Hildebrando Pascoal

Defesa de Hidelbrando também aguarda a decisão a respeito do pedido de habeas corpus impetrado no STJ

Hildebrando Pascoal
Hildebrando teve a liberdade condicional suspensa por Roberto Barros

O mandado de segurança interposto pela Defensoria Pública do Acre em favor do ex-coronel da Polícia Militar, Hildebrando Pascoal, condenado por chefiar um grupo de extermínio no Acre, será analisado na próxima quinta-feira (17).

O corregedor da Defensoria Pública, Gerson Boaventura, afirmou que havia a expectativa que o recurso entrasse na pauta de votação da Câmara Criminal.

PUBLICIDADE

O mandado de segurança foi impetrado a favor do réu logo após decisão monocrática do desembargador Roberto Barros, que cassou a liberdade provisória do ex-coronel que havia sido concedida pela titular da Vara de Execuções penais, juíza Luana Campos.

“Estamos confiantes que entre na pauta da próxima quinta-feira. A Defensoria está fazendo a parte dela”, ressaltou.

Além de aguardar a decisão dos demais desembargadores que compõem a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, a defesa de Hidelbrando também aguarda a decisão a respeito do pedido de habeas corpus impetrado no Superior Tribunal de Justiça.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up