Rio Branco, Acre,


“Não volto atrás e reforço, Dilma não termina mandato” reafirmaTemer

Michel Temer preferiu não explicar a Dilma Rousseff sua declaração de que é difícil que o governo resista mais três anos e meio com popularidade baixa.

Em guerra com Aloizio Mercadante, o grupo do vice preferiu difundir a versão de que o titular da Casa Civil tratava de amplificar a repercussão da fala para afastar ainda mais Temer e Dilma. “Não volto atrás e reforço, Dilma não termina mandato”

Os “bombeiros” da equipe de Temer diziam que a própria presidenta, quando tomou conhecimento da fala na íntegra, fez chegar ao vice a avaliação de que não viu nela um ataque à sua permanência no cargo.

PUBLICIDADE

Aliados do vice preparam nova artilharia contra Mercadante na reunião da coordenação política de terça-feira (08). A mensagem será que Dilma não tem como reverter o quadro negativo sem interlocução confiável no Congresso, o que, dizem, é dificultado pelo petista.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up