Emylson Farias cuida da pré-candidatura e Acre tem em média de 2 assassinatos por dia


A coluna descobriu que ele está ocupado discutindo acordos políticos com os dirigentes de partido

Foto capa SALOMÃO MATOS, DA CONTILNET

O EMYLSON SUMIU
Com 21 mortes violentas registradas somente nos primeiros 10 dias de janeiro neste ano, a pergunta que se fazia até o fim da tarde de quarta-feira (10) era: “Por onde anda o secretário de Segurança Pública do Acre, Emylson Farias?”. O LAMPARINA tentou localizar o secretário por telefone, mas fora da área de cobertura, resolveu pesquisar no perfil dele, que é pré-candidato a vice de Marcus Alexandre (PT), pelo Facebook. Legal! Encontramos. Ele está ocupado discutindo acordos políticos com os dirigentes de partido.

SÓ DE BOA
Outro que parece que esqueceu de suas funções de chefe de Estado e não está nem aí para a onda de violência e assassinatos que vem aterrorizando a população é o governador do Acre, Tião Viana, que desde o início de janeiro deste ano faz passeio pelos países Europeus. Assessores próximo de Tião parecem estarem proibidos de mencionar os lugares que o chefe do Executivo anda visitando, mas em um descuido, um deles deixou escapar que Tião retorna as terras de Galvez só no próximo dia 17.

VIANA PREOCUPADO
O experiente senador Jorge Viana (PT) anda preocupado com as críticas que o seu pré-candidato a governo pelo PT, Marcus Alexandre, vem sofrendo nas redes sociais por conta dos milhares de buracos na capital acreana. Viana espera que o irmão governador Tião Viana, retorne logo da Europa para dar um fôlego a Alexandre e colocar a estrutura do Estado para ajudar a prefeitura a tapar os buracos da cidade. “Sozinho, o Xande não está dando conta”.

MAIS DESGASTE
A enchente do Rio Acre, que é evidente todo ano, deve prejudicar ainda mais a combalida imagem do prefeito de Rio Branco Marcus Alexandre, que pretende ser governador, dada a situação de abandono que se encontram a maioria dos bairros da cidade que ele administra. Afinal de contas, é na alagação, onde as mazelas aparecem e uma cidade se mostra se tem ou não um bom administrador.

EMPREENDEDORA SEM IGUAL
Depois que a Folha de S. Paulo vasculhou a vida financeira do pré-candidato a presidente da República, Jair Bolsonaro, e de seus 3 filhos, constatando que em 30 anos de trabalho duro os seus patrimônios para os salários que recebem somados juntos são praticamente insignificantes, simpatizantes dele, andam descontentes dizendo que ele não é um bom administrador. Paralelo a isso, estão comparando e dizendo que a finada Marisa Letícia, esposa do ex-presidente Lula, por exemplo, em bem menos tempo que 30 anos, tem hoje um inventário que vale milhões e, diga-se de passagem, a fortuna de Marisa foi só vendendo os produtos da AVON, viram?

A LUA ME TRAIU
Como na música da Joelma “Tem coisas na vida que a gente não perde a gente se livra”, quem está se distanciando do ex-prefeito de Cruzeiro do Sul Wagner Sales (PMDB), é o atual administrador da segunda maior cidade do Acre, Ilderlei Cordeiro. Sem contar o rombo nas contas públicas herdada por Ilderlei, incluindo como recebeu a cidade do Juruá no mais completo abandono, onde as crateras lunares se assemelham às vias públicas da cidade, o prefeito ao, que tudo indica, entrou 2018 disposto a fazer uma administração a sua cara, sem a intervenção do seu aliado Sales.

FAXINA
Segundo fontes da coluna, Ilderlei vai começar demitindo todo corpo de secretários que foram indicados por Sales. Entretanto, a mesma fonte também já adiantou que Sales está só de olho até onde vai essa “bravura” de Ilderlei.

O LAMPARINA volta amanhã. Fui!

comentários