“Estão querendo se beneficiar em nome da minha filha”, diz mãe sobre falsa rifa em Rio Branco


Antônia Oliveira divulgou nas redes sociais o alerta sobre o esquema que utiliza doença da filha como pano de fundo

REDAÇÃO CONTILNET

Uma situação inescrupulosa foi noticiada nas redes sociais por Antônia Olivieira, mãe da menina Ághata Sophia Matos, de apenas 3 anos de idade. Noticiado anteriormente pela ContilNet, o caso de Ághata envolve uma luta contra um tumor cerebral, com apoio de familiares e amigos para arrecadar fundos para o tratamento fora do Acre.

Entretanto, chegou ao conhecimento da família que uma rifa está sendo vendida usando o nome da menina para se beneficiar. A pessoa foi vista por amigos da família dentro e nas proximidades do Supermercado Araújo do bairro Aviário, alegando que os bilhetes eram para rifa de televisão e celular para ajudar no tratamento de Ághata.

Este mês, um bingo já foi realizado pela família para custear os remédios da menina, que ultrapassam o valor de R$ 60 mil. O pai de Ághata, Gean Carlos, afirmou que vai procurar as autoridades responsáveis para resolver o caso.

comentários

Outras Notícias

Veja Também