Rio Branco, Acre,


Lula tem pedido para ir ao velório de irmão negado, Bolsonaro volta ao trabalho: comece o dia bem informado

Outros destaques: previsão do tempo, Bolsonaro de volta no comando e mais

Bom dia! Esses são alguns dos destaques que separamos para você nesta quarta-feira (30):

Previsão

Previsão/Foto: Reprodução

A quarta-feira (30) começa com alerta do pesquisador Davi Friale. “Alta probabilidade de ocorrência de chuvas intensas, com possibilidade de temporais, podendo causar transtornos à população de áreas vulneráveis, como rápida inundação de ruas, transbordamento de córregos e igarapés e deslizamentos de terra”, afirma em sua previsão do tempo.

Para os próximos dias, ele conta que a previsão não muda em muita coisa. “Pelo menos até o dia 3 de fevereiro, o tempo continua instável, com chuvas diárias. Em alguns dias, ocorrerão chuvas intensas, deixando o tempo fechado, com temperatura amena, em vários pontos da região”, conclui.

Até que enfim

O presidente da Vale, Fabio Schvartsman, anunciou que vai eliminar as barragens construídas com método semelhante ao de Mariana e de Brumadinho que ainda existem no país. Foram necessárias duas catástrofes para a decisão.

São 10 reservatórios de modelo considerado menos seguro por especialistas e todos eles ficam em Minas Gerais.

De volta à Presidência

Bolsonaro/Foto: reprodução

O presidente Jair Bolsonaro reassume o cargo nesta manhã. Ele vai despachar de dentro do hospital, de acordo com o porta-voz do governo, Otávio Rêgo Barros.

Foi montado um escritório no mesmo andar onde o presidente está internado para que ele possa trabalhar.

Dr. Bumbum solto

A Justiça do Rio de Janeiro mandou soltar ontem à noite o médico Denis Cesar Barros Furtado, o Dr. Bumbum, preso desde julho de 2018, acusado da morte da bancária Lilian Calixto após procedimento estético.

Lula

Luiz Inacio Lula da Silva/REUTERS/Leonardo Benassatto

A Justiça negou na madrugada de hoje o pedido do ex-presidente Lula para ir ao velório e ao enterro do irmão, que morreu na terça-feira (29). A defesa também recorreu ao TRF-4, que também negou o pedido.

Sexto dia

As buscas em Brumadinho entram no sexto dia. Segundo a Defesa Civil, há 84 mortos e 276 desaparecidos.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up