23.3 C
Rio Branco
16 maio 2022 4:40 am

Falso médico estaria usando registro de outro profissional, no interior do Acre

POR

Última atualização em 22/02/2019 15:59

O assunto mais comentado no município de Sena Madureira, interior do Acre, desde a última terça-feira (19), foi a descoberta de um suposto falso médico que estaria atuando de maneira ilegal em uma unidade de saúde da região. Conforme relatos repassados ao ContilNet, o indivíduo atende pelo nome de Emanuel Júnior, que usa o nome de um terapeuta, identificado como Tayron Ismael Oliveira da Silva, devidamente registrado no Conselho Regional de Medicina do Acre (CRM-AC) e atualmente reside em uma cidade na Bolívia.

Emanuel à esquerda estaria utilizando registo do Tayron Ismael /Foto: reprodução

Segundo informações de uma denunciante, Júnior se passava por Ismael no município há cerca de cinco meses. Ele atendia no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), localizado no Centro da cidade. No entanto, ela diz que a situação do falso médico começou a se complicar quando uma mulher chegou ao CAPS e, imediatamente reconheceu o indivíduo que de pronto, se negou, alegando que não era quem ela estava insinuando.

Com medo de ser descoberto, ele pediu a coordenadora do local que retirasse a mulher da unidade. Após a suspeita de que ele estaria sendo investigado pela polícia, Emanuel teria saído da cidade para não ser preso em flagrante no exercício ilegal da função. Todavia, informações dão conta de que Júnior é estudante de medicina, mas, ainda sem formação, não possui registro profissional.

Secretaria Municipal de Sena diz ter enviado ofício ao CRM-AC

A reportagem entrou em contato com o secretário municipal de saúde do município, Daniel Herculano, ele disse que após tomar conhecimento das denúncias, encaminhou um ofício ao CRM-AC, solicitando informações completas sobre o caso. Ele disse também que o falso profissional procurou a secretaria pedindo afastamento da função para resolver problemas particulares. “Ele veio segunda-feira e pediu para ir à Rio Branco. Diante disso, solicitei informações ao CRM-AC, mas, não obtive resposta ainda”, ressaltou.

Daniel relatou que o suposto médico entregou na secretaria todas as documentações necessárias, porém, no nome de Tayron Ismael. “Eu tenho uma pasta funcional, com identidade, CPF, CRM, em nome de Tayron”, salientou o gestor.

Questionado quanto a imagem mostradas por meio do aplicativo Whatsapp, o gestor confirmou que a pessoa que atua no município é de fato, o suposto Emanuel Júnior, porém, ele não confirma o nome, haja vista que a informação quanto ao nome não é oficial. “Esse Emanuel eu não conheço”, afirmou.

O que diz o CRM-AC sobre o caso

Após tomar conhecimento das denúncias, a assessoria de comunicação do Conselho Regional de Medicina do Acre, falou que Tayron Ismael Oliveira da Silva tem o registro legal para atuar na profissão.

Entretanto, ao ser mostrado  imagem do suposto profissional que estava atuando na unidade de Sena Madureira, ele contou que irá analisar no sistema. A assessoria disse também que “vou enviar pro pessoal do CRM, para saber se recebemos alguma denúncia relacionada a isso”, explicou.

A reportagem tentou contato com os dois envolvidos na reportagem, para ouvir suas versões, no entanto, apenas o suposto médico respondeu  nossa equipe, na ocasião ele negou as informações. “Não procede, já estou com advogado tomando todas as medidas, logo logo se resolverá”, declarou com exclusividade ao ContilNet.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 5.869 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.