Rio Branco, Acre,


Detran/AC dobra a quantidade de guichês de atendimento na unidade de veículos

A implantação de novos guichês é uma das metas previstas para os 100 primeiros dias de gestão

Visando a qualidade do atendimento ao público, a Diretoria de Operações do Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran/AC), dobrou a quantidade de guichês de atendimento no Detran Serviços de Veículos,  em Rio Branco.

A unidade recebeu mais oito novos postos de atendimento esta semana devido à grande procura dos usuários pelos serviços relacionados a veículos. Segundo levantamento feito pela gerência da unidade, nos 100 primeiros dias do ano, foram realizados mais de 24 mil atendimentos somente na unidade de veículos.

Segundo o diretor de operações da autarquia, Isaías Brito, desde o inicio do ano a diretoria estava buscando soluções para a instalação de novos postos de atendimento na unidade.

A implantação de novos guichês é uma das metas previstas para os 100 primeiros dias de gestão/Foto: ascom

“Muitas pessoas procuravam o órgão apenas para o recebimento do documento do veículo, verificamos esta situação e resolvemos instalar mais oito guichês, todos exclusivamente para a entrega de documentos, e com isso, conseguimos diminuir o tempo de espera do cidadão que precisa dos serviços do órgão”, disse o diretor.

Para a dona de casa Elenilda Souza, que procurou os serviços do órgão, o tempo de espera para o atendimento diminuiu muito.

A Sede fica localizada na Av. Nações Unidas, Nº 2710, bairro 7º BEC e a atende ao público de 7h30 às 16h30 oferecendo os serviços  de transferência de veículos, impressão de taxas, retirada de documento, consultas dentre outros.

Melhorar o atendimento do órgão e aumentar a capacidade de atendimento ao público diminuindo o tempo de espera do cidadão, era uma das metas previstas para os 100 primeiros dias de gestão que foi alcançada pela direção do  Detran/AC.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias