Rio Branco, Acre,





Primeira-dama e secretária de Assistência Social visitam Instituições Sociais em Cruzeiro do Sul


Visitas serão realizadas em todos os municípios do Estado

ASCOM

A Primeira-dama Ana Paula Cameli e a secretária de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres, Claire Cameli, acompanhadas da senhora Beatriz Cameli, visitaram o Abrigo Infantil Lar Esther, da Fundação Betel, e a casa de recuperação feminina Fazenda da Esperança Maria Madalena, em Cruzeiro do Sul, no sábado, 15.

Durante a visita ao Abrigo Infantil a primeira-dama Ana conheceu as instalações, o trabalho desenvolvido, conversou com as crianças e adolescentes e ressaltou a importância da instituição que acolhe meninas em situação de vulnerabilidade social, vítimas de violência e maus tratos.

“É muito bom saber que as crianças e adolescentes estão sendo bem tratadas, estou maravilhada com o trabalho desenvolvido pelo Abrigo Lar Esther. Nossa visita tem o objetivo de conhecer as instituições sociais em funcionamento em todos os municípios para que possamos alinhar parcerias”, disse a primeira-dama.

Já na Fazenda da Esperança Feminina, Casa Maria Madalena, que realiza um trabalho de acolhimento de mulheres vítimas de dependência química, a Missionária Ariane Trovatto, coordenadora da instituição, apresentou as instalações.

“Aqui as mulheres são recuperadas e incentivadas a realizarem trabalhos manuais na produção de pães, biscoitos e artesanatos, para que elas possam recomeçar suas vidas”, explicou Ariane Troyatto.

Segundo a senhora Beatriz Cameli, a Fazenda da Esperança Feminina é uma iniciativa do Padre Heriberto Douteil, recebe doações da sociedade e da venda de itens produzidos no local e a gestão é feita por religiosos e mulheres voluntárias, que se autodenominam Madalenas.

“É muito importante às visitas que a primeira-dama do Estado e a secretária de Assistência Social estão realizando, pois esse conhecimento que elas estão adquirindo poderão saber a realidade de cada município e ver de perto as necessidades de cada lugar, pois precisamos assistir essas pessoas que estão em situação de vulnerabilidade social”, destacou Beatriz Cameli.

A secretária de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas para as mulheres, Claire Cameli, disse que as entidades tem um papel fundamental de acolher, recuperar e precisam de apoio e de divulgação necessária para que continuem desenvolvendo seus trabalhos. “Estamos aqui quanto estado, para conhecer e dar o devido suporte, trabalhando em conjunto, estado e município, para atendermos as necessidades com uma equipe engajada, identificando todos os casos, fazendo um bom trabalho e trazermos assim resultados positivos para nossa população”, disse a secretária.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também