Rio Branco, Acre,


Cameli diz que Jair Bolsonaro também poderá vir ao Acre junto com Moro em novembro

Agenda do ministro vai ser de dois dias no Acre onde deve, ao lado do governador, visitar as fronteiras do estado

O governador Gladson Cameli (Progressistas) revelou ao ContilNet nesta quarta-feira (2), que o ministro da Justiça Sérgio Moro ficará no Acre por dois dias, além de ser homenageado com a Ordem da Estrela do Acre, a mais alta honraria concedida a personalidades de dentro e de fora do estado que tenham prestado relevantes serviços à sociedade, o chefe do executivo estadual garantiu que Moro fará uma vista de perto nas fronteiras do Estado. Moro deverá ficar no Acre durante os dias 18 e 19 de novembro.

Segundo ele, Moro verá de perto as situação das fronteiras do Acre, o objetivo é sensibilizar o governo federal pela necessidade de reforçar a segurança nessas áreas, consideradas pontos estratégicos para o crime organizado.

“Ele vem em novembro que é o tempo que as viaturas devem chegar no Acre e também, pelo batalhão de fronteira que estamos criando, com isso, ele vai visitar as fronteiras comigo. Serão dois dias de agenda”, garantiu.

Cameli disse ainda que para essa agenda especial estará presente o secretário de Segurança Nacional, General Theophilo. Segundo ele, existe a possibilidade ainda do presidente da República Jair Bolsonaro (PSL), está presente na agenda, porém, ainda não está oficializado.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias