Rio Branco, Acre,


Acre tem quase mil novos casos de coronavírus nos primeiros 7 dias na faixa amarela

Número é inferior ao registrado em cada uma das duas semanas em que o estado esteve na fase laranja

Na primeira semana na faixa amarela, entre 6 a 12 de agosto, o Acre teve 960 novos casos de coronavírus. O número é inferior ao registrado nos primeiros sete dias da fase laranja (1387), que foi de 23 a 29 de julho, e na última semana daquele nível (1665).

No momento, há apenas 31 casos suspeitos em análise em todo o Estado. A reportagem entrou em contato com a Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) para saber se o baixo número se deve à pouca procura por testes nos últimos dias ou por falta de material para testagem e até o fechamento da matéria não obteve resposta.

PUBLICIDADE

O estado terá mais alguns dias na fase amarela até o Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19 fazer nova análise dos indicadores para anunciar, no próximo dia 19, quais das três regionais permanecem na faixa de Atenção, avançam para a de Cuidado (verde) ou retrocedem para a de Alerta ou Emergência.

Entre os indicadores avaliados estão isolamento social, notificações por síndrome gripal, novas internações por síndrome respiratória aguda grave, novos casos confirmados de covid-19, novos óbitos por covid-19, ocupação de leitos clínicos por pacientes com coronavírus e ocupação de leitos de UTI por pessoas acometidas pela covid-19.

No Acre, existem três regionais de saúde, com seus respectivos municípios:

– Alto Acre, representada pelos municípios de Assis Brasil, Brasileia, Epitaciolândia e Xapuri;

– Baixo Acre e Purus: Acrelândia, Bujari, Capixaba, Jordão, Manoel Urbano, Plácido de Castro, Porto Acre, Rio Branco, Santa Rosa do Purus, Sena Madureira e Senador Guiomard; e

– Juruá: Cruzeiro do Sul, Feijó, Mâncio Lima, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter, Rodrigues Alves e Tarauacá.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up