Rio Branco, Acre,


Diocese de Rio Branco completa 100 anos em meio a pandemia: “Centenário de dor e morte”

Missa será transmitida pela TV DIocese e pelo Facebook. Carreatas devem ocorrer nas paróquias

Neste sábado (15), a Diocese de Rio Branco celebra 100 anos de fundação. Um comunicado assinado pelo bispo Dom Joaquin Pertiñez, foi emitido aos fiéis informando que devido a pandemia do coronavírus, as celebrações que haviam sido programadas com antecedência foram suspensas.

Para celebrar a data fundante da Diocese, será celebrada, neste sábado, a Eucaristia, às 17:00 horas, com transmissão pela TV Diocese (canal 35.1) e pela página da Diocese no Facebook.

PUBLICIDADE

“Nosso Centenário, motivo de alegria e de celebração para todos, infelizmente passou a ser um Centenário de dor, sofrimento e morte. Não podemos, nem devemos, fazer a grande celebração que estava prevista, mas não podemos deixar de agradecer a Deus!”

Após a celebração eucarística, e também no mesmo horário, às 18:30 horas, em cada paróquia se deve organizar uma carreata pelas ruas da paróquia, com cartazes, faixas, balões, fogos, músicas…, para dar a maior visibilidade possível a essa data tão importante para todos os católico,

“Este Centenário pode ser um divisor de águas para nossa Igreja. E todos devemos nos perguntar: Que Deus está querendo de nós, neste “novo tempo” que vamos viver?

É possível, que Deus nos esteja pedindo re-fundar, re-inventar, re-criar e tomar novos caminhos a serem percorridos, como já nos apontava o Sínodo para a Amazônia: “Novos caminhos para a Igreja e para uma ecologia integral”, diz documento.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up