Rio Branco, Acre,


Mês do horror com séries e filmes pra sentir calafrios

As dicas de hoje são pra despertar aquele calafrio gostoso que dá quando você não sabe o que vai acontecer

Outubro chegou e as novidades não param! Seguindo aquele clichê temático (“Mês do horror” e coisa e tal), as dicas de hoje são pra despertar aquele calafrio gostoso que dá quando você não sabe o que vai acontecer na próxima cena!

FANTASMAS E TRAUMAS

PUBLICIDADE

Depois do sucesso de “A Maldição da Residência Hill”, a Netflix (sabiamente) decidiu investir no diretor e roteirista Mike Flanagan, e transformou “A Maldição” em uma série de antologia aos moldes de American Horror Story – ou seja, a cada temporada teremos uma nova ambientação com uma nova história apresentada. Na primeira temporada, a adaptação trabalhou com o livro da escritora Shirley Jackson, e agora, em “A Maldição da Mansão Bly“, traz todo o horror gótico de Henry James para o centro da história. Uma babá contratada para cuidar de duas crianças ~ misteriosas ~ se vê cercada de interferências sobrenaturais na mansão que dá título à temporada. O grande acerto das duas histórias é misturar o significado de assombrações: são manifestações literais (com espíritos e todos os sustos envolvidos), mas também são metafóricos (assombrações da mente e do coração). Impecável!

Disponível na Netflix

CREEPYPASTAS

Você já ouviu falar das “creepypastas”? São as lendas urbanas (ou fanfics definidas como tal) que são divulgadas geralmente em fóruns da internet. Partindo de algumas das histórias mais impactantes, temos outra antologia: Channel Zero. A cada temporada, uma nova história com imagens que são verdadeiros combustíveis de pesadelo. Na primeira temporada, uma criatura concebida a partir de dentes (!) é só o começo de um festival de horror.

Disponível no Amazon Prime Video

O HORROR ESTÁ LÁ FORA (?)

Sabe aquele filme tenso, que você não sabe real o que vai acontecer na sequência? Pois então, é esse! “Ao cair da noite” mistura drama familiar com a paranoia de um vírus mortal (alerta de gatilho em 2020), onde duas famílias precisam formar uma aliança inesperada na mesma casa. O final desse filme… #socorro!!!
Disponível na Netflix

O HORROR COMO EXPRESSÃO ARTÍSTICA

Se você não conhece o canal EntrePlanos, já fica a dica! Nesse vídeo em particular, o Max Valarezo traz uma análise muito bacana sobre como obras de arte influenciaram grandes momentos do terror e do suspense nas telonas. Depois desse, pode vasculhar que os outros vídeos são tão interessantes quanto este.

PARA COLOCAR NA PLAYLIST

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up