Rio Branco, Acre,


Polícia Federal vai usar drones para manter a segurança durante as eleições no Acre

Câmeras geram imagens capazes de fornecer aproximação suficiente para identificar ilícitos

A Polícia Federal anunciou o uso de drones – veículos aéreos não tripulados – para auxiliar na prevenção e repressão de crimes nas eleições deste ano, como boca de urna, compra de votos e transporte irregular. Os equipamentos estarão presentes em diversos municípios do estado para aumentar a segurança, já que se tornam imperceptíveis em altitude elevada.

Os drones possuem câmeras que geram imagens de alta nitidez capazes de fornecer aproximação suficiente para identificar suspeitos, placas de veículos, entregas de santinhos e situações de compra de votos. As imagens serão transmitidas a uma equipe da PF que monitora as eleições e que vai adotar as medidas cabíveis diante de atividades suspeitas.

Caso haja algum flagrante, os agentes se deslocarão, imediatamente, ao local indicado para prender os suspeitos e encaminhá-los à delegacia.

A ação cumpre as orientações da Direção Geral da Polícia Federal, que determinou o uso de novas tecnologias para prevenir e reprimir ações delituosas. Os drones ainda diminuem a presença física dos policiais e, por consequência, o contato social com não envolvidos em situação criminosa, tornando-se extremamente eficiente diante do cenário de contaminação do novo coronavírus. [Capa: Ronaldo Oliveira/EPTV]

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up