Rio Branco, Acre,


Após ser preso por crime eleitoral, Mazinho assina termo de compromisso e é liberado

Segundo o secretário de Segurança Pública, coronel Paulo Cézar, o candidato do PMDB foi flagrado distribuindo santinhos

Concorrendo à reeleição, o atual prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim, foi preso na manhã deste domingo (15) pela Polícia Federal e Ministério Público Eleitoral.

Segundo o secretário de Segurança Pública do Estado, coronel Paulo Cézar, o candidato do PMDB foi flagrado distribuindo santinhos, prática que só é permitida até as 22 horas do dia anterior ao da eleição.

Apesar de o crime prever como pena detenção de seis meses a um ano, com a alternativa de prestação de serviços à comunidade pelo mesmo período, além de multas pesadas, o secretário disse que candidato assinou um termo de compromisso e foi liberado.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up