Rio Branco, Acre,


Atraso em votação ocorreu por presidente de mesa bêbado, confirma juiz

O incidente vai ser registrado em ata e posteriormente investigado

Juliano Rodrigues Valentim, juiz 53ª Zona Eleitoral, confirmou que o atraso na seção 226, Escola Municipal Padre Tomaz Ghirardelli, em Campo Grande (MS) ocorreu porque o presidente de mesa atrasou cerca de meia hora e estava aparentemente embriagado. Ele se apresentou para trabalhar, mas foi dispensado.

O juiz destaca que, no momento, a prioridade é garantir que a votação possa fluir e a fila seja normalizada.

PUBLICIDADE

O incidente vai ser registrado em ata e posteriormente investigado, mas por enquanto, o foco é garantir a segurança dos eleitores, especialmente os idosos.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up