Rio Branco, Acre,


Direção do PT decide ficar neutra no segundo turno das eleições em Rio Branco

A militância está liberada para apoiar quem achar necessário no pleito eleitoral

Em reunião deliberada na quinta-feira (19) a direção do Partido dos Trabalhadores (PT) optou por não apoiar nenhum dos candidatos à prefeitura de Rio Branco que disputam o segundo turno das eleições.

O motivo alegado pela direção do partido, comandado por Cesário Braga, é que ambos dispõem de características que fogem da ideologia política petista.

PUBLICIDADE

A prefeita Socorro Neri é apoiada pelo governador Gladson Cameli e Bocalom é apoiado por grupos de políticos ligados ao presidente Jair Bolsonaro.

Com a decisão, o PT libera a militância para apoiar quem achar necessário no pleito eleitoral.

Veja a nota

A Direção do Partido dos Trabalhadores de Rio Branco-AC vem a público agradecer a todos que nos ajudaram nessas eleições, confiando seus votos aos nossos candidatos

Agradecemos ao nosso candidato a prefeito, Daniel Zen, ao candidato a vice-prefeito, Cláudio Ezequiel e aos nossos candidatos e candidatas a vereador e vereadora, por todo o esforço empenhado nessas eleições. Daniel Zen e Cláudio Ezequiel honraram nossa história e levaram às ruas um projeto de responsabilidade para com nossa cidade e para com as pessoas que nela moram.

O Brasil vive, atualmente, o drama do desgoverno de Bolsonaro. E, no Acre, não é diferente com o governo Gladson Cameli. Nosso compromisso é de seguir na luta pela construção de um Acre e um Brasil melhor para todos. Foi isso que defendemos para Rio Branco nessa campanha eleitoral.

Nesse sentido, a orientação da Direção Municipal do Partido dos Trabalhadores em Rio Branco, Acre, é a de que, nesse segundo turno, cada um de seus filiados e militantes exerçam o seu direito de voto conforme suas consciências e convicções pessoais.

Direção Municipal do PT de Rio Branco

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up