33.9 C
Rio Branco
24 junho, 2021 2:21 pm

Intubado, paciente de 300kg aguarda UTI em colchão no chão no RN

POR G1

Um homem de 43 anos, que pesa cerca de 300 quilos, está internado no Hospital Regional de João Câmara, município a 74 km de Natal, e precisa de um leito de UTI para estabilizar o quadro de saúde. Devido à condição de obesidade mórbida, Carlos Alberto Félix da Silva teve que ficar em um colchão no chão da unidade hospitalar, já que não existia maca adequada para suportar o peso. A família espera por uma transferência de urgência para um hospital na capital potiguar.

Carlos Alberto deu entrada no hospital na noite de segunda-feira (23) e sente dificuldade de respirar. Também apresentou batimentos cardíacos fracos. Na manhã desta quarta-feira (25), a equipe médica intubou o paciente para ele respirar com ajuda de aparelhos. Ele também precisa de exames complexos como uma tomografia para investigar o que está agravando o quadro de saúde.

“Ele está com lábios e dedos ficando roxo, sente falta de ar. A equipe aqui disse que lá no (hospital) Walfredo Gurgel a tomografia tem condições de ser feita em pessoas de até 150 kg”, conta a familiar Maria das Mercedes. “Ainda estamos aguardando a vaga na UTI em Natal. Nosso apelo é que isso ocorra o quanto antes”, falou Haiane Kivia, cunhada de Carlos Alberto.

Em nota, a Secretaria de Estado da Saúde Pública disse ter conhecimento do caso e destaca que “a equipe médica não tem medido esforços para dar a assistência devida ao paciente que, no momento, está intubado em sistema de ventilação mecânica e aguarda regulação para um leito de Unidade de Terapia Intensiva”.

A direção do Hospital Regional de João Câmara “reforça ainda que já foi solicitada a realização de uma tomografia que permitirá ele ser encaminhado, se estiver com condição estável, para o procedimento de cirurgia bariátrica”.

Sobre o paciente se encontrar em um colchão no chão, “a direção informa que devido à doença crônica que o paciente possui, tem feito o possível para deixá-lo o mais cômodo possível”.

Ainda de acordo com o hospital, já foram feitos dois testes para detectar infecção pelo novo coronavírus, mas o resultado foi negativo.


Nota da Secretaria de Estado da Saúde Pública

A direção do Hospital Regional de João Câmara informa que a equipe médica não tem medido esforços para dar a assistência devida ao paciente que, no momento, está entubado em sistema de ventilação mecânica e aguarda regulação para um leito de Unidade de Terapia Intensiva.

Reforça ainda que já foi solicitada a realização de uma tomografia que permitirá ele ser encaminhado, se estiver com condição estável, para o procedimento de cirurgia bariátrica.

A respeito do leito em que se encontra, a direção informa que devido à doença crônica que o paciente possui, tem feito o possível para deixá-lo o mais cômodo possível. [Capa: Cedida]

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.