Rio Branco, Acre,


Prefeitura de SP pede penhora dos bens de Roberto Carlos

Cantor deve cerca de R$ 45 mil de IPTU

A Prefeitura de São Paulo pediu a penhora dos bens de Roberto Carlos por conta de uma dívida de IPTU, que já está avaliada em quase R$ 45 mil.

No imóvel, localizado no Cambuci, funciona um restaurante de Ed. Carlos, conhecido como o “Reizinho da Jovem Guarda”, apelido que ganhou aos 13 anos. Ao saber do ocorrido, o Rei comprou o edifício de três andares.

Em antiga entrevista, Ed contou que depois que adquiriu o ponto, o amigo nunca cobrou aluguel, nem mesmo o IPTU, como forma de ajudá-lo.

No passado, a Prefeitura entrou na Justiça para cobrar a dívida de Roberto Carlos, que é referente a dez prestações não pagas do imposto em 2018.

Em março, o cantor fez um acordo e parcelou a dívida, e os seus advogados mostraram o comprovante do pagamento da primeira parcela. Depois disso, de acordo com a Prefeitura, o restante não foi quitado.

Procurada, a assessoria de Roberto Carlos afirma que esse valor cobrado é referente ao inquilino, e que o pagamento será feito, e por conta disso, os bens não irão passar por penhora. As informações são do Uol.

Com informações do site de notícias IG

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up