21.3 C
Rio Branco
25 julho, 2021 3:59 am

Professor é encontrado morto com sinais de estrangulamento em Rio Branco

POR ITHAMAR SOUZA, PARA CONTILNET

O professor de história José Geraldo Alves, de 45 anos, foi encontrado morto dentro do próprio apartamento, na noite da última terça-feira (10), na rua 16 de outubro, no bairro Quinze, em Rio Branco. O corpo de Alves apresentava com marcas de estrangulamento.

Segundo informações da Polícia Militar, um vizinho sentiu forte odor de podre vindo da residência de Alves. Com auxílio da chave reserva, o imóvel foi aberto e o professor achado sem vida em cima da cama.

Ainda de acordo com a PM, o cadáver tinha sinais de estrangulamento e já estava em estado de decomposição. Há a suspeita de que o professor tenha sido executado e que os possíveis autores do crime tenha roubado pertences de José Geraldo.

A PM isolou a área para o trabalho da perícia criminal. O corpo foi removido por agentes do Instituto Médico Legal (IML) e encaminhado para a sede, onde foram feitos os exames cadavéricos.

Ainda segundo que foi levantado de informações no local do crime, dias atrás dois homens estiveram no apartamento do professor. Os homens passaram pouco tempo no local e foram embora.

José Geraldo morava sozinho no apartamento e trabalhava na Escola Estadual José Rodrigues Leite (Ética), onde lecionava a disciplina de História.

O caso agora será investigado por agentes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em parceria com a Dracon e a Dcore, por haver suspeita de latrocínio.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.