Rio Branco, Acre,


Servidores da Saúde ameaçam paralisação em plena pandemia de coronavírus

Sindicato alega que alguns funcionários não receberam o auxílio temporário de R$ 420

Servidores da Saúde ameaçam cruzar os braços na próxima terça-feira (15) em protesto contra o não pagamento do auxílio temporário de R$ 420 a todo o quadro de funcionários. Além disso, eles acusam o governo de não cumprir a dobra da insalubridade referente aos meses de outubro e novembro.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Saúde no Estado do Acre (Sintesac), alguns servidores receberam nesta sexta (11) menos de R$ 100 do auxílio, enquanto outros tiveram o depósito integral do valor.

“É com muita indignação que registro a minha revolta contra a postura da Secretaria de Estado da Saúde do Acre e do Governo do Estado, com os trabalhadores. Mesmo previsto em lei a dobra da insalubridade e o Auxílio Temporário em Saúde, no valor de R$ 420,00, já em atraso há dois meses, foi depositado hoje uma migalha”, disse o presidente do sindicato, Adailton Cruz.

Ele informa que o Sintesac entrará com uma representação judicial contra o governo e convoca os trabalhadores para uma manifestação pública na próxima terça, em frente ao prédio da secretaria.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up