Rio Branco, Acre,


Tatuadora acusa ex-treinador de LoL de tê-la forçado a fazer sexo oral

Gabriel MiT foi alvo de um “exposed” no Twitter e não será caster do CBLoL 2021

A tatuadora Daniela Li usou as redes sociais para fazer uma denúncia contra Gabriel “MiT”, caster de League of Legends e ex-técnico de LoL da paiN Gaming e do Flamengo. Segundo, Daniela, Gabriel a forçou a fazer sexo oral em um encontro ocorrido há mais de cinco anos.

“Eu busquei ele na GH de carro e a gente parou numa rua lá do Jardins em SP pra decidir o que a gente ia fazer. Daí a gente ficou, começamos a nos beijar e DO NADA ele simplesmente tirou o pau pra fora. Eu tava sozinha com um cara no meio de um bairro deserto à noite. Ele começou a forçar minha cabeça pra chupar ele, o que claramente eu não queria e ELE SABIA. Eu tentei não fazer, mas ele empurrou e segurou minha cabeça no pau dele. Ele mesmo conta essa versão da história pras pessoas (que eu não quis). Só que sem o fato de que ele me forçou. Depois disso, eu só deixei ele de volta na casa”, escreveu Daniela.
Leia mais no Metrópoles, clicando AQUI! 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up