22.3 C
Rio Branco
24 julho, 2021 10:41 pm

Briga por lixo de R$ 32 milhões: Limpebras ganha recurso e quer voltar a atuar na capital

Kebec, empresa mineira que ganhou edital para limpeza urbana, sofre derrota judicial na Vara de Fazenda Pública

POR TIÃO MAIA, PARA CONTILNET

A queda de braço e o jogo bruto entre as duas empresas interessadas num contrato superior a R$ 32 milhões da Prefeitura de Rio Branco para o recolhimento do lixo urbano na capital acreana teve mais um lance nesta semana, com uma ligeira vantagem para a Limpebras Engenharia Ambiental.

A empresa, que atuava no recolhimento de lixo na cidade desde a administração passada na Prefeitura, acaba de ganhar na Justiça a suspensão do edital que dava a empresa Kebec Industria e Comércio, de Minas Gerais, como a nova responsável pelo recolhimento do lixo na capital.

Decisão da 1ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Rio Branco acatou recurso da Limpebras contra a Kebec sob a alegação de que esta segunda empresa, por ter sido condenada por improbidade administrativa pela Justiça de Minas Gerais, estava impedida de contratações com o serviço público.

A Kebec Engenharia, por sua vez, contra-ataca a Limpebras alegando que a empresa está recolhendo o lixo na capital a partir de um contrato de R$ 10 milhões, feito também pela atual gestão da zeladoria municipal, com dispensa de licitação. A briga judicial entre as duas empresas deve continuar.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.