23.3 C
Rio Branco
18 junho, 2021 8:21 pm

Caboclo diz que nunca quis trocar Tite e garante que volta para a CBF: “Juntos na Copa de 2022”

Em entrevista à ESPN, presidente afastado da CBF volta a dizer que é inocente e que tem apoio da família para se defender. Ele afirma que jogadores nunca quiseram boicotar a Copa América

POR GE

O presidente afastado da CBF, Rogério Caboclo, falou pela primeira vez depois do processo que o retirou da presidência da entidade do futebol por 30 dias.

Em entrevista ao jornalista Rodrigo Bueno, da ESPN, ele disse que vai provar sua inocência e vai retornar ao cargo.

Também garantiu que nunca quis tirar o técnico Tite da seleção brasileira e que os jogadores não falaram em boicote da Copa América, que será realizada no Brasil.

– Os jogadores nunca falaram em boicotar a Copa América, em nenhum momento isso aconteceu – disse Caboclo, referindo-se à reunião que participou na Granja Comary.

– Nunca quis trocar o Tite, a comissão técnica. Nós estaremos todos juntos na Copa de 2022. E para vencer – acrescentou.

Anteriormente, Caboclo havia se manifestado apenas por notas à imprensa, depois das revelações e do áudio de acusação de assédio sexual e moral contra a funcionária da CBF. Sobre este tema, o presidente pouco acrescentou:

– Não posso falar nada sobre isso porque tudo será tratado na minha defesa. Eu sou inocente. Tenho absoluta certeza de que vou provar isso. E não há dúvida nenhuma de que voltarei (à presidência da CBF). A minha família toda está me apoiando, minha mulher, meu filho, meus pais, minha ex-mulher – enumerou o presidente afastado.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.