18.3 C
Rio Branco
22 julho, 2021 9:08 am
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

MS tem sexta-feira de volta em alta de casos Covid, mas continua com óbitos em baixa

Hoje, foram 41 novos óbitos e a piora de novos casos que ficaram em 2.130

POR LÚCIO BORGES ORTEGA - CORRESPONDENTE MS

CAMPO GRANDE (MS) – Na manhã desta sexta-feira (25), foi transmitida através das redes sociais da SES (Secretaria de Estado de Saúde) a Live do boletim epidemiológico atualizado da Covid 19 no Mato Grosso do Sul. Os casos positivos em MS voltam a subir e a passar dos  2 mil dia. A boa noticia é que continua a ter menos mortes, já a cerca de uma semana, ante semanas anteriores de agravamento da doença por todo o Estado. A lotação de UTIs baixaram, mas há lista de espera, em Campo Grande, que é a única macroregião que continua no patamar ruim.

Hoje, foram 41 novos óbitos pelo vírus no Estado, mantendo média em queda nos últimos 21 dias. O total de mortes é de 7.993 se aproximando dos 8 mil óbitos, que relatamos na última quarta-feira.  Os novos casos ficaram em 2.130, patamar que registra aumento elevado nas novas infecções ante dados ou situação que vinha apresentando queda nos últimos dias, no entanto na data de hoje, se reacender o alerta vermelho. O total geral de confirmados chegaram a 330.536 no MS.

Contudo, os mais de 2 mil, ainda sim revela baixa na taxa de contágio ante queda nesta semana, como na segunda-feira (22) que se registrou apenas 606 casos e ‘apenas’ 21 mortes. A SES aponta ainda que a baixa é podendo ser atribuído as medidas de restrição adotas pelo Estado, na luta contra a covid.  Entre os casos ativos, muitos seguem realizando tratamento em suas próprias residências, onde o boletim de hoje destaca 13.968 pessoas.

E o aumento de positivos, se vê no total de internados, que não baixa dos mil a um bom tempo. Hoje é de 1.012, entre as redes públicas e privadas de saúde. Só os pacientes que seguem em tratamento nas unidades hospitalares públicas são 366 em leitos clínicos, onde são tratados casos de menor gravidade e 429 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), local em que estão os mais graves.

UTIs baixam, mas há lista de espera

As filas de espera por leito de tratamento para Covid-19 no Estado ainda estão ativas, com destaque principal para Campo Grande, com maior número, apresentando mais de 80 pacientes, já em Dourados apenas dois esperam por um leito hospitalar.
A taxa de ocupação de leitos hospitalares para tratamento de pacientes com a doença por macro região da Capital está com 99% indicando melhoria pela primeira vez nos últimos 30 dias, possibilitando assim a suspensão de transferência de pacientes para tratamento em outros estados.
Já em Dourados 91%, operando com capacidade dentro do possível.
Mas, ainda se encontram aguardando para análise 2.812 amostras no Laboratório Central de Mato Grosso do Sul (Lacen) que está operando com sobrecarga e ajuda de parceiros.

Essas e outras informações sobre a pandemia no Estado, podem ser acompanhadas através do site: https://www.coronavirus.ms.gov.br/

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.