33.3 C
Rio Branco
20 setembro 2021 5:52 pm

Flamengo goleia ABC e põe um pé nas quartas da Copa do Brasil

Rubro-Negro não tomou conhecimento do adversário e anotou 6 a 0 contra time do Rio Grande do Norte

POR IG

Última atualização em 29/07/2021 21:33

O Flamengo não tomou conhecimento do ABC, atropelou a equipe do Rio Grande do Norte, goleou por 6 a 0 e encaminhou a classificação para as quartas de final da Copa do Brasil. Só no primeiro tempo, o Rubro-Negro meteu quatro e fechou o caixão na segunda etapa. Os gols foram marcados por Gabigol, duas vezes, Arrascaeta, Michael, Bruno Henrique e Donato, contra.

O primeiro tempo do Flamengo contra o ABC foi avassalador e serviu como uma espécie de treino de luxo para a equipe de Renato Gaúcho, que foi para o intervalo com a vitória parcial de 4 a 0. Antes mesmo de abrir o placar, o Rubro-Negro perdeu uma chance clara de balançar a rede, com Gabigol. Em contra-ataque, Arrascaeta achou o camisa 9 livre na direita. Ele invadiu a área, puxou para o pé esquerdo e chutou para fora, desperdiçando uma oportunidade incrível.

Mas, o Flamengo abriu a porteira aos 27 minutos, com Arrascaeta. Diego fez linda jogada na entrada da grande área do ABC, girou em cima do marcador, passou por outro e foi desarmado na área. Bruno Henrique conseguiu recuperar, e a bola sobrou para o uruguaio, que toca na saída do goleiro.

Aos 32, foi a vez de Gabigol balançar a rede. Bruno Henrique cruzou da esquerda, e a zaga do ABC cortou. Everton Ribeiro pegou o rebote na entrada da área e acionou o camisa 9, que recebeu livre e bateu com categoria no canto esquerdo.

Aos 41, Bruno Henrique fez o dele. Renê recebeu de Arrascaeta, invadiu a área e tabelou com o camisa 27. O atacante acertou um belo chute no canto direito e ampliou a vantagem do Flamengo. Quando, o Rubro-Negro apenas administrava o marcado e aguardava o apito final do primeiro tempo, Gabigol marcou de novo. Arrascaeta bateu escanteio, Bruno Henrique subiu livre e cabeceou para boa defesa de Welligton. Na sequência, o uruguaio fez novo cruzamento, e o camisa 9 desviou de cabeça para o gol.

No segundo tempo, o Flamengo voltou em ritmo mais lento, com o pé menos pesado no acelerador. O que dificultou a vida do técnico Renato Gaúcho é que aos dez minutos Renê sentiu dores musculares na coxa direita, pediu para ser substituído e deixou o jogo chorando. Como não tinha lateral esquerdo à disposição no banco de reservas (Filipe Luís foi poupado e Renato não convocou ninguém da base), Rodinei precisou jogar improvisado, o que o nível técnico da equipe cair.

Aos 30, o Flamengo chegou ao quinto gol, mas contou com a colaboração do ABC, que marcou contra. Em contra-ataque, Michael cruzou na área, buscando Pedro. Donato tentou cortar, mas jogou para dentro da própria meta. Em cinco jogos sob o comando de Renato Gaúcho, este foi o terceiro que o Rubro-Negro fez, pelo menos, cinco tentos.

Aos 38, o Flamengo fechou o caixão e encaminhou a classificação para as quartas de final da Copa do Brasil. O autor do gol dessa vez foi de Michael. Vitinho fez lançamento na área. Vinícius Leandro e Welligton se atrapalham, e a bola sobrou para o camisa 19, que completou para o gol vazio.

Depois, o Flamengo apenas administrou o marcador, após finalizar 20 vezes durante toda a partida. Enquanto isso, o ABC chutou apenas uma vez a gol. As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima semana, em João Pessoa, com um jogo que servirá, pelo visto, apenas para cumprir tabela.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.