29.3 C
Rio Branco
16 setembro 2021 5:44 pm

Acusados de assassinar jovem em Sena Madureira são condenados a mais de 119 anos de prisão

POR EDINALDO GOMES, DO CONTILNET

Última atualização em 06/08/2021 09:56

Quatro acusados no assassinato do jovem Edson Souza Magalhães, 20 anos de idade, foram condenados nesta semana pela justiça de Sena Madureira, numa sentença assinada pelo juiz Fábio Farias. Uma vez somadas, as penas ultrapassam os 119 anos de prisão.

No começo deste ano, o Ministério Público do Acre (MP/AC), ofereceu denúncia contra: Arquileudo Barbosa de Santana, Hélio Francisco Cavalcante, Jocinei Oliveira da Silva e Jucelino da Silva Jesus em face da morte de Antônio Hudesson Padilha, ocorrida na região do Bairro Jardim Primavera, em Sena Madureira.

De acordo com as investigações, o crime ocorreu no dia 6 de janeiro de 2020, por volta das 3:30 horas, na Rua Benjamin Constant (Jardim Primavera). Consta nos autos que “o homicídio foi praticado por meio cruel, posto que a vítima teria sido executada por vários disparos de arma de fogo, bem como diversos golpes de faca, a qual foi submetida a dor desproporcional, pelo o que foi a óbito por choque hipovolêmico, hemorragia aguda, lesão vascular cervical, degolamento e ferimentos por arma de fogo”.

Também restou apurado que o assassinato foi cometido em decorrência de rivalidade entre membros de facções criminosas, uma vez que os denunciados desconfiaram que a vítima estaria armando uma emboscada contra eles, daí por que a incidência da qualificadora do motivo torpe.

A maior pena foi aplicada em Arquileudo Barbosa de Santana, conhecido como “Leudo queixada”. Por ser reincidente e apontado como mandante do homicídio, ele pegou 40 anos e 18 dias de reclusão.

O quatro acusados responderam por três crimes: Homicídio, organização criminosa e corrupção de menores.

Arquileudo Barbosa de Santana
– Homicídio: 30 anos
– Organização criminosa: 7 anos, 6 meses e 20 dias
– Corrupção de menores: 2 anos, 5 meses e 28 dias
Total: 40 anos e 18 dias

Hélio Francisco Cavalcante
– Homicídio: 16 anos e 6 meses
– Organização criminosa: 5 anos e 4 meses
– Corrupção de menores: 1 ano e 4 meses
Total: 23 anos, 4 meses e 20 dias

Jocinei Oliveira da Silva
– Homicídio: 21 anos
– Organização criminosa: 5 anos e 4 meses
– Corrupção de menores: 1 ano e 4 meses
Total: 27 anos, 10 meses e 20 dias

Jucelino da Silva de Jesus
– Homicídio: 21 anos
– Organização criminosa: 5 anos e 4 meses
– Corrupção de menores: 1 ano e 4 meses
Total: 27 anos, 10 meses e 20 dias

Na sentença, o juiz Fábio Farias definiu o regime inicialmente fechado para o cumprimento das penas e negou aos réus o direito de recorrer em liberdade.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.