22.3 C
Rio Branco
24 setembro 2021 7:37 am

Cientista explica por que os gatos ‘amassam pãozinho’

Cientistas que estudam o comportamento dos gatos chamam essa ação distinta da pata de “amassar” e acreditam ser o sinal de um gato relaxado

POR DRA. JULIA ALBRIGHT, CNN BRASIL

Última atualização em 29/08/2021 14:33

Você já viu seu gato mexendo as patas dianteiras para frente e para trás antes de se acomodar para um cochilo? Você já ouviu os gateiros e fãs de gatos usarem termos como “afofar” ou “amassar pãozinho”?

Cientistas que estudam o comportamento dos gatos chamam essa ação distinta da pata de “amassar” e acreditam ser o sinal de um gato relaxado. Meus gatos também afofam antes de tirar uma soneca perto de mim. Enquanto estão amassando, eles ronronam – um deles fica tão relaxado que às vezes até baba. O “amassar pãozinho” geralmente ocorre perto das pessoas favoritas do gato. Como veterinária, acho importante reconhecer os pequenos momentos em que seu gato está dizendo que está feliz por estar perto de você.

Se você estiver perto de gatinhos recém-nascidos, verá que eles começam com o movimento das patas logo após o nascimento. Um gatinho amassa o abdômen de sua mãe como uma forma de dizer a ela que está com fome e pronto para mamar.

Ao mesmo tempo, o gatinho geralmente ronrona, que é um som criado por vibrações rápidas de certos músculos da garganta. O ronronar é um sinal para chamar atenção.

Usando esses dois comportamentos, os gatinhos estão pedindo às suas mães que fiquem quietas para que possam continuar a mamar. Os filhotes geralmente adormecem enquanto mamam.

O desmame acontece por volta dos dois meses de idade. Então, por que os gatos continuam a se amassar quando adultos?

“Amassar pãozinho” parece ser mais comum em alguns gatos do que em outros. Se o seu gato não afofa, isso pode significar que ele está um pouco estressado – ou pode ser que ele demonstre relaxamento ou afeto de outras maneiras.

Muitos gatos, porém, continuam com o gesto até a idade adulta. É bastante seguro presumir que um gato que está amassando está se sentindo calmo, contente e pronto para se acalmar, assim como um gatinho que se instala para mamar e dormir.

Você já deve saber que quando seu gato dá uma empurradinha com a cabeça e esfrega bochecha, cabeça e corpo contra sua perna ou um objeto perto de você, ele está colocando seu cheiro nesses locais. Os gatos também têm glândulas odoríferas entre os dedos dos pés, o que sugere que também colocam seu próprio cheiro familiar e reconfortante na área onde dormem quando amassam.

Não se preocupe em procurar essas glândulas em seu próprio gato, já que elas não são facilmente visíveis.

Sinais sutis

Amassar pãozinho também pode ser uma forma de comunicação entre gatos e seus humanos.

Se você convive com cães, já percebeu que a maioria deles é bastante óbvia ao permitir que os humanos saibam quando querem algo ou gostam de alguém. Por milhares de anos, pessoas criaram cães propositalmente para serem companheiros divertidos, bem como ter comportamentos úteis, como pastorear, rastrear ou vigiar.

Gatos e pessoas também viveram juntos por milhares de anos – e os humanos sempre apreciaram as incríveis habilidades naturais dos felinos de caçar ratos. Apenas recentemente as pessoas tentaram criar gatos, mas principalmente pela aparência e não por comportamentos específicos.

O resultado é que os gatos são um pouco mais sutis do que os cães em suas maneiras de dizer “gosto de você” a uma pessoa. “Amassar pãozinho” é uma dessas manifestações.

Julia Albright é professora associada de medicina veterinária da Universidade do Tennessee*

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.