34.3 C
Rio Branco
28 setembro 2021 2:04 pm

Doações de sangue caem pela metade no AC e pacientes com doenças graves podem ser afetados

POR NANY DAMASCENO, DO CONTILNET

Última atualização em 22/08/2021 16:17

O período de pandemia foi um desafio para a saúde pública em diversos aspectos. Um deles foi a perca de doadores de sangue. No Acre, o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Acre (Hemoacre) que antes da pandemia tinha uma média de 40 doações por dia, agora tem cerca de 20.

Recebemos esta semana nos estúdios do ContilNet, a gerente-geral do Hemoacre, Josiane Amorim, que em uma entrevista ela explicou que durante todo o período de isolamento, o Hemoacre viveu um período extremamente difícil com a falta de doadores. As pessoas tinham medo de se contaminar, mesmo com a garantia por parte do Hemocentro que todos  os protocolos estavam sendo obedecidos. Inúmeras campanhas foram feitas e, apesar das dificuldades, a Saúde Pública conseguiu ser atendida.

Agora, em que tudo caminha para um período mais tranquilo em relação à pandemia, o Hemocentro volta a realizar campanhas mais incisivas.  Os tipos de sangue O+ e O- estão com estoque baixo e, por isso, faz-se necessário que os doadores procurem a unidade para realizar a doação.

Segundo Josiane Amorim, é importante que a população compreenda que o sangue doado não é usado apenas para emergências. Por ser o único órgão que faz a captação de sangue no Acre, o Hemoacre também necessita ter sangue em estoque para atender pessoas que fazem tratamentos contra doenças severas como câncer.

Josiane Amorim, gerente do Hemoacre:/Foto: ContilNet

Ela pontuou que há crianças em tratamento contra o câncer que precisam de transfusão até três vezes por dia. Na entrevista, a gerente também esclareceu mitos sobre a doação de sangue, falou dos prazos para quem teve Covid-19 ou tomou a vacina possa doar e outros assuntos.

Confira a matéria completa. Após o vídeo, colocamos informações importantes sobre as condições básicas para a doação de sangue.

Condições básicas para a doação de sangue: ter entre 16 (acompanhado do responsável) e 69 anos (desde que a primeira doação tenha sido antes dos 60 anos), pesar mais de 50 quilos, estar bem de saúde, ter dormido pelo menos seis horas na noite anterior, não ingerir bebida alcoólica 12 horas antes, evitar alimentos gordurosos quatro horas antes e não estar em jejum.

Os potenciais doadores devem portar documento original com foto e realizar o agendamento da doação pelo número (68) 3248-1380, e também pelo aplicativo Sangue Amigo. O Hemoacre funciona todos os dias, de 7h30 às 18h, e, os agendamentos devem ser realizados de segunda a quinta-feira, das 7 às 17h e, de sexta-feira das 7 às 13h, em Rio Branco.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.