26.3 C
Rio Branco
2 setembro 2021 8:25 am

Eliza Samudio ressurge dos mortos em nova carta psicografada e revela tudo o que aconteceu

POR TV E FAMOSOS

Um dos casos mais misteriosos de todo o país, é o da jovem modelo Eliza Samudio, a jovem que foi brutalmente morta por seu namorado o goleiro do Flamengo e até hoje não teve seu corpo encontrado, voltou a ter seu nome viralizado nas redes sociais. Ela teria mandado uma carta revelando informações sobre sua morte a uma famosa vidente.

Lene sensitiva deixou todos impactados ao revelar uma carta psicografada da modelo, e agora ela contou sobre onde seu corpo teria sido jogado após o crime brutal.

Sendo um dos atletas mais polêmicos de todo o Brasil, Bruno segue rendendo o que falar, ele que agora está solto não assume que mandou matar Eliza Samúdio. Até hoje o crime impressiona pois muitos detalhes não foram revelados e isso faz com que ele sempre gere o que falar, agora Eliza Samúdio contou tudo o que aconteceu naquele fatídico dia.

De acordo com a vidente, a jovem não sabe até hoje o porque ela foi morta e Eliza revelou ainda que sofreu muito antes de morrer. Lene afirmou que ela foi picotada em pedaços e depois dada aos cachorros e seus restos foram dissolvidos com soda cáustica.

Os detalhes deixaram todos aterrorizados, os policiais que atenderam ocaso da jovem relata que nunca presenciaram tamanha crueldade com uma pessoa, agora Lene afirmar que a jovem modelo já encontrou a paz, porém o craque do Flamengo deve buscar redenção e assumir o crime.

Eliza Samúdio e Bruno, vale destacar, tiveram um filho juntos, porém o rapaz não tem nenhuma ligação com o pai, e é criado por sua avó. Segundo o garoto e sua avó, o goleiro nunca deu nada ao jovem e muito menos assume que ele seja seu filho. Entretanto é válido reforçar que até os dias atuais ninguém nunca encontrou o corpo de Eliza Samúdio.

O crime até hoje é um dos mais marcantes de todo o Brasil e até os mais experientes não conseguem entender o que aconteceu.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.