26.3 C
Rio Branco
27 setembro 2021 4:46 am

Ossada encontrada em Belford Roxo não é dos três meninos desaparecidos, diz perícia

Homem acusou irmão de ocultar corpos em saco plástico e jogar em rio na Baixada Fluminense, mas polícia afirma que ossada encontrada é de origem animal. Laudo ainda será finalizado

POR G1 RJ

Última atualização em 02/08/2021 12:36

A ossada encontrada perto de uma ponte em Belford Roxo não é de nenhum dos três meninos desaparecidos na cidade da Baixada Fluminense desde o ano passado. Lucas Matheus, Alexandre e Fernando Henrique sumiram no final de dezembro.

Uma perícia realizada pela Polícia Civil concluiu que o material encontrado é de origem animal, conforme o G1 apurou. O laudo será publicado.

A ossada passou pelo teste depois que um homem se apresentou à polícia no fim do mês passado acusando o próprio irmão de ter participado da ocultação dos corpos.

A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense foi orientada a continuar as buscas.

Desaparecimento

Lucas Matheus, de 9 anos, e Alexandre Silva, 11, e Fernando Henrique, 12, sumiram no dia 27 de dezembro depois que saíram para brincar.

Nesse período, os agentes já trabalharam com várias linhas de investigação — entre elas, a de que as crianças tenham sido vítimas de traficantes da região.

Outra hipótese é a de que os meninos tenham sido mortos após um deles ter roubado uma gaiola de passarinho de um parente de um dos traficantes do Castelar, onde moram.

Várias operações e buscas já foram realizadas em lugares onde surgiram notícias de que eles foram vistos, mas nada que leve ao paradeiro dos meninos.

Informações falsas e trotes que chegam pelo Disque Denúncia também atrapalham o trabalho dos investigadores.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.