34.3 C
Rio Branco
14 outubro 2021 1:30 pm

Sesc apresenta no Calenarte a exposição “Casas de Madeira – Uma Imersão a Cultura Acreana”

Projeto dá prosseguimento ao Calenarte

POR ASCOM

Última atualização em 14/10/2021 13:30

O Serviço Social do Comércio no Acre – Sesc no Acre apresenta a exposição “Casas de Madeira – Uma Imersão à Cultura Acreana”, do artista plástico Luiz Moura. A abertura virtual acontece dia 14 de outubro, às 17 horas, no canal do YouTube do Sesc, e ficará exposta para visitação do público no período de 14 de outubro a 5 de novembro, no salão de exposição do Sesc Centro, das 8 horas às 12 horas e 14 horas às 18 horas.

A exposição dá prosseguimento ao projeto Calenarte, cujo objetivo é a difusão das artes plásticas no Acre, com suas ações de apoio àqueles que têm a arte como ofício e em possibilitar o acesso do público aos programas educativos.

Sobre o artista

 Luiz Moura tem 45 anos, é natural do Rio de Janeiro, mas reside há quatro anos em Rio Branco – Acre. Fotógrafo há mais 13 anos, é também formado em Licenciatura em Artes Visuais. Possui experiência em vários segmentos da fotografia: eventos corporativos, peças de teatro, lançamentos de livros, espetáculos, shows, ensaios fotográficos, fotos publicadas em livros, exposições realizadas no Brasil e fora do País.

Moura é idealizador do projeto A Imagens da Mulher na Cultura Cigana, premiado pelo Patrimônio Cultural Fluminense em 2017, concorrendo com mais de 130 projetos inscritos.

Sobre a obra

 A exposição mostra acervo fotográfico das antigas casas de madeira dos seringueiros, hoje inseridas no Estado do Acre. A arquitetura tende a revelar aspectos políticos, sociais e históricos de uma cidade, e o estado do Acre tem sua construção baseada no trabalho dos seringais desde o final do séc. XIX até a segunda metade do séc. XX.

Mesmo o Estado do Acre se cosmopolizando, crescendo e virando referência em vários aspectos da cultura da floresta, a história do passado seringueiro ainda pode ser percebida através de suas residências. As casas de madeira, onde os seringueiros viviam, próximos de suas colocações, tornaram-se contrastantes ao lado de grandes prédios e casas de alvenaria, que acompanharam o desenvolvimento social e arquitetônico do estado acreano.

Serviço:

Projeto: Calenarte

Artista: Luiz Moura

Abertura virtual: 14 e outubro de 2021Às 16h – canal do youtube do Sesc

Período de exposição: 14 de outubro a 05 de novembro

Horário:  8h às 12h e 14h às 18h (Sesc Centro)

Agendamentos: (68) 3302-1053

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.