23.6 C
Rio Branco
27 novembro 2021 1:21 am

Aulas presenciais de Medicina da Ufac são suspensas após quase 30 alunos testarem positivo para Covid-19 em festa

A coordenadora do curso, Fátima Fagundes, esclareceu em nota que todos os alunos estão imunizados com as duas doses da vacina contra a Covid-19 e que nenhum estudante se encontra internado.

POR RENATO MENEZES, PARA CONTILNET

Última atualização em 15/11/2021 14:50

Em decorrência do surto de casos de Covid-19 após quase 30 alunos do curso de Medicina da Universidade Federal do Acre (Ufac) terem sido diagnosticados com a doença no último final de semana, a coordenação do curso de Medicina divulgou uma nota de esclarecimento à população e resolveu suspender as aulas presenciais por sete dias para evitar o contágio.

Em nota publicada nas redes sociais no último domingo (14), a coordenadora do curso Fátima Fagundes explica que, até o momento, mais de 300 pessoas, incluindo familiares e pessoas que tiveram contato com os alunos, foram devidamente testadas.

Como resultado, 28 pessoas tiveram teste positivo para Covid-19, sendo deste montante 19 alunos da organização, quatro convidados, três convidados e dois que não chegaram a comparecer ao evento.

Fagundes esclarece também que os casos “estão restritos ao grupo que participou do evento. Não houve até o momento casos secundários relacionados às atividades do curso”.

“Mesmo assim, optamos cautelosamente por suspender as atividades de todo o curso e testar o universo dos alunos que estão em atividades práticas e estágio, mesmo assintomáticos e mesmo não relacionados ao evento social. Esse universo, pelas próprias restrições do período de pandemia, já estava restrito a 50% de sua capacidade”, diz.

SUSPENSÃO DA ATLÉTICA DE MEDICINA DOS JOGOS UNI

Os acadêmicos do curso também resolveram cancelar a participação nos Jogos Uni, competição universitária com 14 modalidades esportivas que começou na última sexta-feira (12) e que vai até o dia 18 de dezembro.

Ao tomar ciência da situação, a Atlética Sinistra, do curso de Medicina, publicou uma nota nas redes sociais notificando a suspensão da participação.

“A atlética SINISTRA sempre busca desenvolver todas as suas atividades da melhor forma possível, sempre colocando seus filiados em primeiro lugar, dessa vez, portanto, como medida preventiva, em proteção à saúde dos filiados e de todos”, complementou.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.