28 de maio de 2024

Raimunda Nonata, mãe do ex-prefeito Esperidião Junior, morre neste sábado vítima de Covid-19

A professora aposentada do Estado do Acre, de 83 anos, Raimunda Nonata Rocha Menezes, mãe do ex-prefeito do Jordão Esperidião Junior, morreu na madrugada deste sábado (19), vítima de Covid-19, em Rio Branco.

A mãe do ex-prefeito foi internada há uma semana com pneumonia e infecção urinária, mas durante o período de internação, contraiu Covid-19 e faleceu às 4h37 da madrugada deste sábado. Segundo Esperidião, Raimunda Nonata foi sepultada, de acordo com o protocolo de saúde, às 10h, no Cemitério São João Batista.

De acordo com o ex-prefeito, a aposentada estava internada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Segundo Distrito e após três tentativas de inserção de uma sonda para auxiliar na alimentação, Raimunda Nonata foi transferida para o Pronto Socorro de Rio Branco para realizar o procedimento e inserir a sonda. Esperidião afirma que os atendimentos em ambas unidades de saúde foram bons.

Raimunda Nonata, nascida em Tarauacá, é mãe de seis filhos, sendo eles Esperidião Menezes Junior, o ex-prefeito do Jordão, e Raimundo Nonato de Menezes, Vera Lúcia, Esperidião Kennedy, Rosângela Menezes e Elza Rocha de Menezes.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost