30.3 C
Rio Branco
29 junho 2022 4:49 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

‘Duelo de gigantes’: sucuri é flagrada enrolada a jacaré em rio de água cristalina de Bonito; vídeo

Sucuri matou o jacaré 'estrangulado' ao se enrolar por completo ao redor do corpo dele.

POR G1 MS

Um fotógrafo registrou um verdadeiro “duelo de gigantes” entre uma sucuri e um jacaré, em águas cristalinas da cidade turística de Bonito (MS), a 297 km de Campo Grande. Para se alimentar da presa, a sucuri se enrolou ao redor do corpo do jacaré. Veja o vídeo aqui.

O registro foi feito pelo fotógrafo Mateus Alexandre nesta quarta-feira (25). Nas imagens, é possível ver a sucuri predando o jacaré por meio da técnica “estrangulamento”, interrompendo os fluxos sanguíneo e de oxigênio.

O biólogo José Milton Longo explica que este tipo de cobra vive em áreas alagadas e que se alimenta de diversos tipos de animais, desde larvas a capivaras, aves e até animais domésticos.

“Deslocam as mandíbulas, tem todo um processo fisiológico adaptado ao longo do processo evolutivo, que permite engolir animais maiores do que a própria cabeça”.

Processo de digestão
Ao g1, o biólogo Pedro Guimarães esclareceu que o processo de digestão da serpente pode levar semanas, visto que sua pele e órgãos, como o esôfago e o estômago, se dilatam até três vezes mais que o normal para acomodar sua presa.

“O processo de digestão da sucuri é longo, e pode levar mais de 20 dias. Nessa situação é importante manter uma distância segura não só para preservá-la, mas também para segurança de quem estiver no local”, explica.
A sucuri é uma cobra da família Boidae, pertencente ao gênero Eunectes e sua distribuição geográfica é restrita à América do Sul. Apesar de não serem ágeis em ambiente terrestre, elas são muito rápidas dentro d’água podendo ficar até 30 minutos sem respirar.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.