31.3 C
Rio Branco
28 junho 2022 3:50 pm

Jovem é morto após ter a casa invadida e ser sequestrado por possíveis membros de facção

POR ITHAMAR SOUZA, DO CONTILNET

Última atualização em 17/05/2022 16:55

O jovem Marcelo Santos de Lima, de 20 anos, foi morto a golpe de ripas, facadas e a tiros horas após ser sequestrado, na noite desta segunda-feira (16). O corpo dele foi encontrado na rua Eugênio Paulino, que liga os bairros Chico Paulo 1 e Naire Leite, conhecido popularmente como “Tampa Azul”, em Senador Guiomard.

Segundo informações da polícia, Marcelo estava dentro da própria casa na rua Sergipe, no bairro Chico Paulo 1, quando foi surpreendido por cerca de quatro bandidos que estavam fortemente armados. Acreditando que o filho tivesse sido executado pelos bandidos, a mãe de Marcelo ligou para a Polícia Militar, que esteve no local indicado e autorizou entrada da guarnição.

Dentro da residência, foram encontradas duas armas caseiras e três cartuchos calibre 28 intactos, além de outros cartuchos já deflagrados, mas a vítima não se encontrava. Minutos depois, a esposa de Marcelo chegou ao local e disse que as armas encontradas são do marido, para a defesa do casal, por possivelmente estarem sofrendo ameaças de morte por parte de uma facção criminosa.

A mãe e a esposa de Marcelo disseram que foram informadas por vizinhos que os homens saíram com Marcelo sob a mira de armas de fogo para o destino incerto. As mulheres e as armas de fogo foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Senador Guiomard, para a tomada das medidas cabíveis.

Várias guarnições da Polícia Militar estiveram no local, colheram informações sobre os criminoso e conseguiram identificar três dos quatro homens acusados de invadirem e sequestrarem Marcelo. Uma ronda ostensiva foi feita pela região, mas ninguém foi encontrado.

Por volta das 21h, uma denúncia anônima levou uma guarnição do 4° Batalhão que fica localizado no município de Senador Guiomard até a rua Eugênio Paulino, onde os PMs encontraram Marcelo já caído sem vida, com ferimentos na cabeça provocado por ripas, com marca de várias facadas pelo corpo e com tiros na cabeça.

A área foi isolada para os trabalhos da perícia e o corpo de Marcelo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) em Rio Branco, para serem realizados os exames cadavéricos.

O caso será investigado por agentes da Delegacia de Polícia Civil de Senador Guiomard.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 6.086 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.