29.3 C
Rio Branco
28 junho 2022 12:45 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Sibá Machado quer reunir velha guarda do Partido dos Trabalhadores para atuar na campanha: “A turma que fundou o PT”

POR THIAGO CABRAL, DO CONTILNET

Velha guarda

O ex-deputado federal pelo PT, Sibá Machado, disse que vai reunir a velha guarda do PT acreano para atuar na campanha eleitoral deste ano. “Estamos nos preparativos para estas eleições. Acertamos criar o Comitê de Luta com a geração anos 80. A turma que fundou o PT no Acre”, contou.

Experiência

E essa turma tem muito a contribuir na campanha do ex-deputado que quer voltar à Câmara Federal. Com experiência de sobra, conhecem o atalho para chegar no voto.

Plano de Governo

O senador e pré-candidato ao Governo, Sérgio Petecão (PSD), recebeu ontem, de um grupo de professores da Ufac, contribuições para o seu Plano de Governo. “Recebi aqui na Tenda Amarela um grupo de professores da nossa querida Ufac, que me entregou sugestões para o nosso Plano de Governo. Fico feliz com os diversos setores da sociedade que estão contribuindo com o nosso projeto. Nosso objetivo é apresentar um plano que seja possível executar, que tenha a participação popular. Se não for assim, não faz sentido. Nossa gente merece dias melhores”, disse Petecão.

Na frente

Por falar em Plano de Governo, Petecão parece ser quem mais tem avançado nesse quesito. Pelo menos publicamente. Até agora, nenhum outro pré-candidato falou em que pé anda o documento.

Tebet

A pré-candidata à Presidência da República pelo MDB, a senadora Simone Tebet, postou nas redes sociais um vídeo em quem recebe o apoio do deputado federal e presidente do partido no Acre, Flaviano Melo. “Simone Tebet é um exemplo de força, coragem e determinação”, disse Flaviano.

Oração

Depois de ter se envolvido em uma discussão acalorada ontem na Aleac contra o deputado estadual Gehlen Diniz (PP) e ter ido parar na UTI do Santa Juliana após um infarto, o prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim (UB), ganhou uma declaração da sua esposa nas redes sociais. A deputada estadual Meire Serafim (UB) escreveu que está orando pela recuperação do marido. “Louvo a Deus pelo milagre que ele fez em sua vida. Estamos te aguardando, te amo”.

Água fria

Em plena arrancada nas pesquisas eleitorais, quando encostou e quase empatou com ex-presidente Lula (PT), o presidente Jair Bolsonaro (PL) recebeu hoje um balde de água fria. O Datafolha divulgou nesta quinta-feira (26) uma pesquisa em que aponta ampla vantagem de Lula (PT). O petista aparece com 48% das intenções de voto no primeiro turno, contra 27% de Bolsonaro. Em terceiro lugar aparece Ciro Gomes (PDT), com apenas 7%.

Nordeste

É no Nordeste, como já era esperado, a maior diferença entre os candidatos: o ex-presidente Lula tem 62% e Bolsonaro 17% das intenções de voto. A pesquisa apontou ainda que, dentre os beneficiários do Auxílio Brasil de todo o país, o presidente Bolsonaro atinge 20% e Lula 59%. A pesquisa não divulgou os números na região Norte.

Despacho

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou, na última terça-feira (24) o texto que prevê o despacho gratuito de bagagens de até 23 quilos em voos nacionais, e de 30 quilos em viagens internacionais.A matéria agora segue para sanção ou veto do presidente da República, Jair Bolsonaro (PL).

Perpétua

Originalmente, a MP que flexibilizava as regras para o setor aéreo, conhecida como “MP do Voo Simples”, apresentada pelo governo federal no final do ano passado, não previa a volta do despacho gratuito, mas a deputada federal acreana Perpétua Almeida (PCdoB) apresentou o destaque, que foi aprovado pelos congressistas. No Senado, o relator da matéria, Carlos Viana (PL-MG), vice-líder do governo na Casa, ainda tentou retirar o retorno da gratuidade, mas os senadores mantiveram a decisão da Câmara.

Gato por lebre

Para quem não lembra, a autorização para a cobrança das bagagens despachadas foi aprovada em 2017, e na época as companhias aéreas alegavam que a medida diminuiria o valor das passagens. O que nunca ocorreu. Venderam gato por lebre.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.