22.3 C
Rio Branco
29 junho 2022 9:18 am

Marcus Buchecha comemora terceira vitória no MMA

Um dos maiores nomes da história do jiu-jítsu, brasileiro segue invicto no MMA após terceira vitória no One Championship

POR COMBATE, GE

Última atualização em 07/06/2022 09:53

Marcus “Buchecha” Almeida conseguiu sua terceira vitória no MMA na última sexta-feira, em Singapura, quando venceu Simon Carson por nocaute técnico no primeiro round, em disputa de pesos-pesados no One Championship.

Para chegar até esta luta, porém, o brasileiro passou por alguns obstáculos fora do cage, como as várias mudanças de adversários e até de data da disputa em cima da hora. Em entrevista ao Combate, Buchecha resumiu o que passou até finalmente entrar no ringue.

– Acabou sendo uma novela, foi difícil pra acontecer, mas eu saí de casa focado pra lutar, então eu queria lutar de qualquer jeito. Meu adversário mudou várias vezes, primeiro era um africano, depois foi um brasileiro, depois um russo e depois um australiano, então foram várias trocas, diferentes estilos de luta. Isso não me abalou, me senti confiante de que iriam arrumar um adversário. Fui pra ficar uma semana na Ásia e acabei ficando quase um mês, mas valeu a pena toda essa espera, acho que o final foi a prova de que valeu. Consegui essa vitória, o primeiro nocaute técnico da minha carreira, então acho que acaba dando até um gostinho a mais pra essa vitória com toda a dificuldade.

Considerado um dos maiores nomes da história do jiu-jítsu, o faixa-preta conta que vem se sentindo cada vez mais a vontade dentro do cage, e espera mostrar ainda mais evolução em seus próximos duelos.

– Eu estou me sentindo em casa ali dentro do cage. Na minha primeira luta eu já estava a vontade, mas comparada com a terceira, nessa eu estava mais tranquilo, olhando mais, estando atento aos golpes. Estou me sentindo melhor a cada luta e foi bom pra ver os erros e acertos que tenho cometido durante o treinamento. A evolução vem sendo constante e estou amarradão. Me apaixonei pelo MMA, e tenho certeza que é apenas o começo. Tem muita coisa por vir.

– Eu não consegui mostrar ainda meu striking, mas é algo que treino diariamente. Eu também não quero perder meu jiu-jítsu, então todo dia eu treino meu striking e treino meu grappling. Eu tenho um treino muito bom e estou tirando o máximo de proveito disso. Todas as lutas têm pontos positivos e negativos. Agora é corrigir, explorar o que eu já tenho feito bem e procurar evolução diariamente.

Após sua terceira aparição bem sucedida em uma luta de MMA, Buchecha revela que quer logo voltar ao cage.

– Graças a Deus em minhas três lutas eu não me machuquei praticamente nada, não levei nenhum golpe. Estou 100%, pronto para lutar, até pedi pra lutar o mais rápido possível. Se a organização conseguir me colocar no card de agosto ou de setembro estarei pronto pra ir, ou até antes. E de agosto em diante vou ter tempo de treinar mais, evoluir e fazer mais uma boa luta.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 6.088 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.